Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Vídeo mostra momento do encontro do submarino argentino Ara San Juan

Profissionais que operavam um dos veículos submarinos foram os primeiros a ver em tela as imagens da embarcação, que estava desaparecida desde 15 de novembro do ano passado. Submarino foi localizado a 907 metros de profundidade.
Por G1

Um vídeo divulgado neste domingo (18) mostra as primeiras imagens do submarino Ara San Juan, no momento em que profissionais da empresa Ocean Infinity o localizaram. O encontro foi anunciado pela Marinha da Argentina na madrugada de sábado.


No vídeo é possível ver quando a equipe que opera um dos veículos que fazia as buscas vê a embarcação pela primeira vez em uma região de cânions (espécie de rios submarinos), a 907 metros de profundidade, e a 600 km da cidade de Comodoro Rivadavia.

O Ara San Juan desapareceu em 15 de novembro de 2017, com 44 pessoas a bordo, e sofreu uma "implosão" no fundo das águas do Oceano Atlântico.

Segundo Enrique Balbi, porta-voz da Marinha, a proa, a popa e a vela se desprenderam do submarino e estão localizadas em uma á…

1º/7º GAV dá mais um passo para integrar mísseis Harpoon aos P-3AM

Esquadrão Orungan recebe visita técnica de comitiva da Marinha Americana. Objetivo foi realizar a certificação do míssil Harpoon


Poder Aéreo

O Esquadrão Orungan (1º/7º GAV), sediado na Ala 12, em Santa Cruz, no Rio de Janeiro (RJ), recebeu, entre os dias 25 e 27 de junho, a visita técnica da comitiva da USNAVY, a Marinha dos Estados Unidos. A atividade faz parte do processo de aquisição dos mísseis Harpoon L-I BlockII, adquiridos pela Força Aérea Brasileira (FAB), tendo como data inicial de recebimento o último trimestre de 2018.


O objetivo da visita foi realizar a certificação do míssil Harpoon, por intermédio do Harpoon Aircraft Command and Launch Control System (HACLCS III), com a Aeronave P-3AM. Os mísseis são do tipo antissuperfície, utilizados contra navios, e fabricados pela Boeing.

Para o coordenador tático na Aeronave P-3AM e Chefe da Célula de Avaliação e Emprego do 1º/7ºGAV, Capitão Aviador Márcio Sardinha dos Santos, a visita técnica foi bastante enriquecedora. “Conseguimos extrair o máximo de conhecimento acerca da operação do HACLCS III, além de aprimorar o manuseio do míssil pelos militares da célula de avaliação e emprego do 1º/7º GAV e do Esquadrão de Material Bélico do Grupo Logístico da Ala 12″, concluiu.

FONTE: FAB

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas