Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Primeiro voo do Aero L-159T2

A Aero Vodochody realizou o primeiro voo do treinador a jato L-159T2 de dois lugares em 1º de agosto. O voo de 30 minutos foi conduzido pelos pilotos de testes da empresa Vladimír Kvarda e David Jahoda.
Poder Aéreo

A Força Aérea Tcheca encomendou três exemplares em 2016, que devem ser entregues até o final deste ano. As aeronaves L-159 são operadas pelas forças aéreas tcheca e iraquiana, pela empresa americana Draken International e, no passado, foram alugadas pela Força Aérea Húngara para treinamento de pilotos.

Estas novas aeronaves de assento duplo T2 têm uma fuselagem central e dianteira recém-construída e apresentam várias melhorias significativas, principalmente em equipamentos de cockpit e sistema de combustível, e são totalmente compatíveis com o NVG. Cada cockpit é equipado com duas telas multifuncionais e um assento de ejeção VS-20 atualizado. A aeronave também pode oferecer uma capacidade de reabastecimento sob pressão. O radar GRIFO, já em uso na versão de um único assento, a…

Ataques a bomba perto da residência do presidente da Somália deixam 7 mortos

Pelo menos sete pessoas morreram e várias outras ficaram feridas neste sábado em dois ataques a bomba ocorridos perto da residência oficial do presidente da Somália, na capital Mogadíscio.


EFE

Mogadíscio - Segundo fontes da polícia local, os atentados foram cometidos pelo grupo jihadista Al Shabab por volta do meio-dia (horário local; 6h de Brasília).

Resultado de imagem para Ataques a bomba perto da residência do presidente da Somália
REUTERS / Feisal Omar

O primeiro ataque começou quando carro carregado com explosivos foi detonado perto da entrada principal da Villa Somalia, a residência do presidente Mohamed Abdullahi Farmajo.

A explosão foi seguida por um intenso tiroteio entre terroristas do Al Shabab - que já reivindicou a autoria dos ataques - e agentes das forças de segurança que estavam no edifício. Poucos minutos depois, outro carro explodiu nas proximidades.

O saldo de vítimas chegou a sete mortos e vários feridos, informou à Agência Efe o comandante Mohammed Nuur, da polícia local. O governo do país africano ainda não se pronunciou a respeito.

Os atentados aconteceram apenas uma semana depois de um ataque similar à sede do Ministério do Interior, também organizado pelo Al Shabab, deixar dez mortos.

O grupo terrorista, que em 2012 se afiliou à rede Al Qaeda, controla partes do território somali no centro e no sul do país e quer transformá-lo em um estado islâmico da linha wahhabita.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas