Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa do Brasil tem maior gasto com pessoal na década, e investimento militar cai

Despesas com ativos e inativos crescem R$ 7,1 bi em 2019, reflexo de aumento salarial
Por Igor Gielow e Gustavo Patu | Folha de S.Paulo

A previsão de gasto militar para o primeiro ano de governo do capitão reformado do Exército Jair Bolsonaro (PSL) traz o maior aumento de despesa com pessoal em dez anos e uma redução expressiva do investimento em programas de reequipamento das Forças Armadas.
Não fosse uma criatividade contábil dos militares, que conseguiram recursos com a capitalização de uma estatal para comprar novos navios, a despesa de investimento seria a menor desde 2009.

A Folha analisou a série histórica com a ferramenta de acompanhamento orçamentário Siga Brasil, do Senado. Para este ano, o Ministério da Defesa, ainda na gestão Michel Temer (MDB), planejou gastar R$ 104,2 bilhões, o quarto maior volume da Esplanada.

Desse montante, R$ 81,1 bilhões irão para pessoal, R$ 13,3 bilhões, para gastos correntes (custeio) e R$ 9,8 bilhões, para investimentos. Os valores não incluem o con…

Aviação de Israel ataca dezenas de alvos em Gaza

Segundo as informações do Exército de Defesa de Israel, a aviação israelense bombardeou dezenas de alvos na Faixa de Gaza neste sábado (14).


Sputnik

A aviação de Israel atingiu dezenas de alvos de militantes palestinos na Faixa de Gaza em resposta a ataques de morteiros, desordens na fronteira e lançamento de pipas com substâncias incendiárias, segundo informou o serviço de imprensa do Exército.

Caça da Força Aérea de Israel (arquivo)
F-16 israelense © Sputnik / Serviço de imprensa da Força Aérea de Israel

O ataque foi chamado de terceira onda de bombardeios do enclave desde a noite passada.

"Durante a última hora, a Força Aérea de Israel atacou dezenas de alvos no território de quatro complexos militares que pertencem à organização terrorista Hamas", diz o comunicado.

O principal alvo do bombardeio, segundo os militares israelenses, foi a sede das formações militares do Hamas, movimento que controla a Faixa de Gaza na cidade de Beit Lahiya, na parte norte do enclave.

De acordo com fontes de segurança e testemunhas palestinas, os caças atingiram alvos do Hamas sem causar quaisquer feridos, comunica a AFP.

Os militares israelenses recomeçaram os ataques aéreos contra alvos do Hamas na Faixa de Gaza no sábado (14) à tarde em decorrência das desordens na fronteira, durante as quais dois palestinos, incluindo um adolescente, foram mortos e dezenas ficaram feridos.

Segundo o representante do Exército israelense Jonathan Konrikus, os militantes palestinos lançaram neste sábado (14), a partir da Faixa de Gaza, pelo menos 20 foguetes e minas contra o sul de Israel, além dos cerca de 35 lançamentos noturnos.

Ele acrescentou que não possui informações sobre feridos da parte israelense.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas