Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Rússia testará novo avião de transporte militar até o final do ano

Il-112V deverá substituir modelos soviéticos An-24 e An-26, considerados obsoletos.
Nikolai Litôvkin | Russia Beyond

A nova aeronave de transporte militar Il-112V completou os testes de fábrica e está sendo preparada para o primeiro voo, que está previsto para o final de 2018.


Caso os testes sejam bem sucedidos, o Il-112V substituirá nas Forças Armadas russas os modelos An-24 e An-26, desenvolvidos no início dos anos 1960.

O Ilyushin Il-112 é um avião de transporte militar leve de asa alta que está sendo desenvolvido pela Ilyushin Aviation Complex para transporte de cargas militares, equipamentos e pessoal.

Sua capacidade de carga máxima "útil" a bordo será de até cinco toneladas.

Os projetistas pretendem desenvolver duas versões do avião: uma com hangares estendidos para o transporte de equipamentos militares, carga e soldados; e outra, civil, para o transporte de passageiros e carga leve.

O Il-112V é um monoplano com configuração aerodinâmica tradicional e dois poderosos motores…

Caça furtivo F-35 não é tão 'invisível' como dizem

O F-35 da Lockheed Martin apresentado como "um caça quase invisível", segundo o presidente dos EUA Donald Trump, foi detectado pelo rastreador de acesso público Flightradar24.


Sputnik

O usuário do Twitter compartilhou em sua conta um mapa onde se pode observar como a aeronave decola da base aérea israelense de Nevatim e segue para o norte em alta velocidade.

F-35 subindo a partir de Nevatim AFB, indo para o norte em alta velocidade | Reprodução Twitter

O F-35 é um caça de quinta geração que, de acordo com os planos de Washington, está destinado a se tornar a aeronave básica da Força Aérea dos EUA, do Reino Unido, do Canadá e de outros aliados do país norte-americano.

Apesar do ciclo completo de desenvolvimento de um F-35 custar ao Pentágono US$ 1,3 trilhão (R$ 4,8 trilhões), um dos mais caros da história da aviação, o caça é também um dos que apresenta mais defeitos.

Em um relatório oficial do Departamento de Defesa, são mencionadas cerca de mil "falhas não resolvidas", como imperfeições no software do caça, pneus pouco duradouros e problemas na interface do capacete do piloto.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas