Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Primeiro voo do Aero L-159T2

A Aero Vodochody realizou o primeiro voo do treinador a jato L-159T2 de dois lugares em 1º de agosto. O voo de 30 minutos foi conduzido pelos pilotos de testes da empresa Vladimír Kvarda e David Jahoda.
Poder Aéreo

A Força Aérea Tcheca encomendou três exemplares em 2016, que devem ser entregues até o final deste ano. As aeronaves L-159 são operadas pelas forças aéreas tcheca e iraquiana, pela empresa americana Draken International e, no passado, foram alugadas pela Força Aérea Húngara para treinamento de pilotos.

Estas novas aeronaves de assento duplo T2 têm uma fuselagem central e dianteira recém-construída e apresentam várias melhorias significativas, principalmente em equipamentos de cockpit e sistema de combustível, e são totalmente compatíveis com o NVG. Cada cockpit é equipado com duas telas multifuncionais e um assento de ejeção VS-20 atualizado. A aeronave também pode oferecer uma capacidade de reabastecimento sob pressão. O radar GRIFO, já em uso na versão de um único assento, a…

Caça furtivo F-35 não é tão 'invisível' como dizem

O F-35 da Lockheed Martin apresentado como "um caça quase invisível", segundo o presidente dos EUA Donald Trump, foi detectado pelo rastreador de acesso público Flightradar24.


Sputnik

O usuário do Twitter compartilhou em sua conta um mapa onde se pode observar como a aeronave decola da base aérea israelense de Nevatim e segue para o norte em alta velocidade.

F-35 subindo a partir de Nevatim AFB, indo para o norte em alta velocidade | Reprodução Twitter

O F-35 é um caça de quinta geração que, de acordo com os planos de Washington, está destinado a se tornar a aeronave básica da Força Aérea dos EUA, do Reino Unido, do Canadá e de outros aliados do país norte-americano.

Apesar do ciclo completo de desenvolvimento de um F-35 custar ao Pentágono US$ 1,3 trilhão (R$ 4,8 trilhões), um dos mais caros da história da aviação, o caça é também um dos que apresenta mais defeitos.

Em um relatório oficial do Departamento de Defesa, são mencionadas cerca de mil "falhas não resolvidas", como imperfeições no software do caça, pneus pouco duradouros e problemas na interface do capacete do piloto.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas