Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Capacetes brancos preparam novas provocações na Síria, diz enviado russo na ONU

Membros dos Capacetes Brancos estão preparando novas provocações com substâncias tóxicas na Síria, disse o vice-embaixador russo na ONU, Vladimir Safronkov, nesta quarta-feira (24) na reunião do Conselho de Segurança da ONU.
Sputnik

Safronkov observou que os Capacetes Brancos acusariam o governo sírio pelo uso de tais substâncias.

Mais cedo nesta quarta-feira (24), o Major General Viktor Kupchishin, chefe do Centro Russo para a Reconciliação Síria, argumentou que funcionários da mídia estrangeira na província síria de Hama conduziram uma filmagem falsa da "morte" de uma família supostamente devido ao uso de armas químicas pelas tropas sírias.

Em diversas ocasiões, Moscou e Damasco apontaram que os Capacetes Brancos estavam produzindo provocações envolvendo o uso de armas químicas com o objetivo de culpar o governo da Síria e dar aos países ocidentais justificativas para a intervenção no país.
A estratégia de encenar ataques para usá-los como falsa bandeira tem sido usada repetida…

Caças Gripen suecos ajudam a apagar incêndio com bombas

Os suecos combateram o fogo ontem enviando caças para bombardear uma área atingida por incêndios florestais.


Poder Aéreo

Incêndios florestais estão queimando a floresta em Älvdalen, centro da Suécia, por 13 dias.

Gripen com bomba para atacar incêndio
Gripen recebendo bomba para atacar o incêndio

Para piorar a situação, o fogo está em uma área de prática de alvo que contém ogivas não-detonadas. Isso tornou difícil para os bombeiros terem acesso seguro ao fogo no solo, e outras opções até agora se mostraram infrutíferas.

Ao meio-dia de quarta-feira, as Forças Armadas enviaram dois jatos de caça JAS 39 Gripen para lançar bombas nas chamas como último recurso, com a esperança de que a pressão da explosão ajudasse a conter o incêndio.

“O oxigênio do fogo pode ser removido com a ajuda de uma bomba e, neste caso, foi possível experimentá-lo, porque o fogo está em um campo de tiro”, disse o chefe da equipe de bombeiros e resgate, Johan Szymanski, em um comunicado.

“Nossa avaliação preliminar agora é que isso teve um bom efeito.”

A bomba, modelo GBU-49, de acordo com o tabloide sueco Aftonbladet, caiu de 3.000 metros, atingindo velocidades de 550 km/h, antes de acertar seu alvo com a precisão do medidor.

Conseguiu extinguir incêndios até 100 metros do alvo, de acordo com relatórios iniciais.

Mais de 40 incêndios florestais ocorreram na Suécia às 15h de ontem e cada vez mais municípios impuseram a proibição total do fogo, tornando ilegal fazer churrascos mesmo em jardins privados.

Na segunda-feira, as autoridades disseram que uma área de 25.000 hectares estava queimando, incluindo 2.500 hectares em Dalarna, 8.500 em Gävleborg, 500 em Västernorrland e 8.500 em Jämtland.

Isto é significativamente maior do que os 14.000 hectares que queimaram em um incêndio em 2014 em Västmanland, que na época era o incêndio mais grave da Suécia em 40 anos.

A Suécia, onde as temperaturas normais de verão estão mais próximas dos 23ºC, está mal equipada para lidar com este tipo de crise e tem recebido ajuda de vários outros países da UE e do EEA.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas