Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Exército sírio bombardeia terroristas restantes no sul do país (VIDEO)

O exército sírio retomou os ataques de artilharia maciços contra os terroristas restantes na região de Tulul al Safa no deserto de As-Suwayda, no sul do país, depois de eles terem violado a trégua, segundo uma fonte do Exército.
Sputnik

De acordo com uma fonte que falou com a Sputnik Árabe, na terça-feira (16), o Exército sírio e os terroristas que ocupam as colinas de Tulul al Safa firmaram um acordo de cessar-fogo, segundo o qual os combatentes da Frente al-Nusra (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) se comprometeram a entregar as armas depois de serem cercados e sem saída.


Contudo, na manhã da quarta-feira (17) os terroristas atacaram as unidades do Exército sírio. Por sua vez, os soldados repeliram o ataque com êxito e contra-atacaram. Como resultado, dezenas de militantes foram mortos ou feridos. O Exército resolveu retomar os ataques maciços com peças de artilharia apoiadas do ar, tendo como objetivo eliminar as forças terroristas restantes até a épo…

Coalizão liderada pelos EUA ataca civis no leste da Síria

A aviação da coalizão internacional liderada pelos EUA bombardeou civis da povoação de Al-Sousa na província de Deir ez-Zor, provocando mortos e feridos.


Sputnik

Segundo informa a agência estatal síria SANA, citando fontes locais, o ataque provocou mortos e feridos.

Ataque aéreo da coalizão internacional na Síria (foto de arquivo)
Ataque aéreo da coalizão liderada pelos EUA na Síria © AP Photo / Bram Jansse

"A aviação da Coalizão internacional realizou ataques aéreos contra um grupo de moradores locais que fugiam de Al-Sousa, nos arredores de Al-Bucamal, em direção do deserto, tentando escapar do bombardeio da coalizão e de ataques dos terroristas do Daesh que controlam a povoação; isso causou vários mortos e feridos entre eles [os civis]", escreve a agência citando fontes locais.

Até o momento não se conhece o número de vítimas.

A Chancelaria russa tem declarado reiteradamente que as ações dos Estados Unidos e da coalizão internacional na Síria são realizadas sem permissão e coordenação com o governo legítimo do país árabe e sem haver uma resolução da ONU.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas