Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Trump diz que 'certamente' entraria em guerra com o Irã, mas 'não agora'

O presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou que consideraria uma ação militar contra o Irã para impedir que a República Islâmica consiga armas nucleares. A briga entre Teerã e Washington aumentou depois que os EUA acusaram o Irã de atacar dois petroleiros.
Sputnik

"Eu certamente vou considerar as armas nucleares", disse Trump à revista Time na terça-feira, quando perguntado sobre o que poderia levá-lo a declarar guerra ao Irã. "E eu manteria o outro um ponto de interrogação".

A reportagem não especificou se o presidente elaborou o cenário de lançar um conflito armado de pleno direito com a República Islâmica sobre seu programa nuclear. Quando um repórter perguntou a Trump se ele estava considerando uma ação militar contra o Irã agora, ele respondeu: "Eu não diria isso. Eu não posso dizer isso".

Seus comentários foram feitos um dia depois de o Pentágono ter enviado 1.000 soldados extras para o Oriente Médio "para fins defensivos".

Os Estados Unidos cu…

Destróieres ingleses Type 45 passaram 76% do ano de 2017 no porto

Foram obtidas mais informações sobre a disponibilidade dos destróieres Type 45 da Marinha Real Britânica (Royal Navy).


Poder Naval

Os destróieres da classe “Daring” ficaram atracados a maior parte do ano de 2017, gastando 76% do ano no porto (1.671 dias em porto, do total de 2.190 dias).

Destróieres Type 45 no porto
Quatro destróieres Type 45 atracados

A disponibilidade em 2018 também não está muito melhor. Os dados foram divulgados pelo MoD sob a Lei de Liberdade de Informação (FOI).

Os destróieres da classe “Daring” projetados e construídos pela BAE Systems foram afetados por problemas de disponibilidade ligados ao sistema de propulsão elétrica do navio de guerra, e um dos navios teve que retornar para casa após um desdobramento no Oriente Médio em 2017, após um problema técnico com um eixo de hélice.

A tabela abaixo mostra os navios da classe “Daring” e a quantidade de dias que os navios permaneceram no porto por ano.

Em março de 2018, Ministério da Defesa do Reino Unido anunciou um contrato de £ 160 milhões com a BAE Systems para atualizar o sistema de geração de energia e propulsão instalado nos destróieres Type 45.

O Projeto de Melhoria de Energia (Power Improvement Project – PIP) aumentará a resiliência da classe Type 45, instalando fontes adicionais de geração de energia em cada navio. Entregue como um grande projeto de conversão, o PIP substituirá os dois geradores existentes por três unidades maiores capazes de fornecer a propulsão dos navios de forma adequada.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas