Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA criticam bombardeiros russos na Venezuela: "Nós mandamos navio-hospital"

O coronel Robert Manning, porta-voz do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, criticou com veemência nesta segunda-feira o envio de bombardeiros russos à Venezuela e citou o envio de navio-hospital à região como exemplo do compromisso de Washington com a região.
EFE

Washington - "O enfoque dos EUA sobre a região difere do enfoque da Rússia. No meio da tragédia, a Rússia envia bombardeiros à Venezuela e nós mandamos um navio-hospital", declarou Manning durante uma entrevista coletiva realizada hoje no Pentágono.


O militar se referia com estas palavras ao USNS Comfort, que partiu em meados de outubro rumo à América Central e à América do Sul para oferecer ajuda sanitária aos milhares de refugiados venezuelanos amparados por diversos países da região.

"Enquanto nós oferecemos ajuda humanitária, a Rússia envia bombardeiros", lamentou Manning em referência ao envio uma esquadrilha de aviões russos, incluindo dois bombardeiros estratégicos T-160, capazes de carregar bomb…

Drones desconhecidos atacam base russa na Síria pelo 2º dia consecutivo

De acordo com o representante da base aérea de Hmeymim, Síria, durante este fim de semana vários drones se aproximaram da instalação militar, tendo sido destruídos pela defesa antiaérea.


Sputnik

"Ao início da noite de sábado, 21 de julho, os meios da defesa antiaérea russa da base aérea em Hmeymim detectaram a grande distância um pequeno alvo aéreo de origem desconhecida que se aproximava da instalação militar russa. Os meios de defesa antiaérea da base aérea russa destruíram o alvo", declarou o representante de Hmeymim.

A aeronave da Força Aerospacial da Rússia na base aérea em Hmeymim, Síria
Sukhoi Su-25 russo decolando da base aérea Hmeymim, Síria © Sputnik / Ministério da Defesa da Rússia

Ele acrescentou que no domingo (22) "os meios da defesa antiaérea destruíram, também à distância do aeródromo, um drone desconhecido que se aproximava de Hmeymim vindo do noroeste". O representante precisou que não houve feridos, nem foi causado qualquer dano material.

Agora a base aérea russa continua funcionando em regime regular.

Hmeymim se situa na cidade de Jableh, no litoral sírio, e é uma das duas bases dos militares russos na Síria.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas