Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin ameaça retaliar se EUA instalarem mísseis na Europa

Em seu discurso sobre o estado da nação, presidente russo faz ataques a Washington e promete apontar seu arsenal para os Estados Unidos e para o continente europeu se mísseis americanos atravessarem o Atlântico.
Deutsch Welle

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, alertou nesta quarta-feira (20/02) que seu país responderá a um possível envio de mísseis americanos à Europa, fazendo com que não apenas os países que receberem esses armamentos se tornem alvos, mas também os Estados Unidos.


Em seu discurso anual sobre o estado da nação em Moscou, Putin elevou o tom ao comentar uma nova e potencial corrida armamentista. Ele afirmou que a reação russa a um possível envio seria rigorosa e que as autoridades em Washington – algumas das quais estariam obcecadas com o "excepcionalismo" americano – deveriam calcular os riscos antes de tomar qualquer medida.

"É o direito deles de pensar da forma que quiserem. Mas eles sabem fazer cálculos? Tenho certeza que sabem. Deixemos que eles cal…

Exército dos EUA vai atualizar mais 100 tanques Abrams para configuração M1A2 SEPv3

A General Dynamics Land Systems anunciou que a empresa recebeu um contrato para atualizar mais 100 tanques de batalha M1A1 Abrams para o Exército dos EUA


Forças Terrestres

O Exército dos EUA assinou um contrato com a General Dynamics Land Systems para atualizar mais 100 Main Battle Tanks M1A1 Abrams para a configuração avançada System Enhancement Package Version 3 (SEPv3).

M1A2 SEPv3
M1A2 SEPv3

Atualizações para o tanque neste Pacote de Aprimoramento do Sistema (SEP) incluem energia elétrica adicional para suportar futuras tecnologias, a capacidade de interface com munição avançada de 120 mm, uma unidade de energia auxiliar, blindagem e rádios aprimorados, atualizações de rede e maior confiabilidade e facilidade de manutenção.

Ao contrário da versão anterior, o M1A2 SEPv3 tem melhor comunicação em rede, um novo Sistema de Gerenciamento de Saúde do Veículo (VHMS) e Módulos Substituíveis na Linha (LRMs) para melhorar a manutenção, um Ammunition DataLink (ADL) para usar munições airburst, FLIR melhorado usando infravermelho de ondas longas e médias, um CROWS RWS de baixo perfil e uma Unidade de Energia Auxiliar (APU) sob blindagem para acionar a eletrônica no lugar vez do motor, enquanto estiver parado.

A nova versão oferece maior proteção e capacidade de sobrevivência, bem como alta letalidade que seus predecessores.

A encomenda faz parte de um Contrato de Requisitos do Exército, assinado em dezembro de 2017, através do qual o US Army pode atualizar até 435 tanques M1A1 Abrams para a configuração M1A2 SEPv3. A configuração M1A2 SEPv3 apresenta avanços tecnológicos em comunicações, confiabilidade, sustentação e eficiência de combustível, além de blindagem atualizada.

O trabalho nesta ordem de entrega será realizado nas instalações da General Dynamics Land Systems em Scranton, Pensilvânia, e em Tallahassee, na Flórida, e no Centro de Manufatura de Sistemas Conjuntos em Lima, Ohio, a única fábrica de tanques operacional no país.

Comentários

Postagens mais visitadas