Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil prevê inaugurar estação na Antártica em 2020, oito anos após incêndio

Obra é executada por uma empresa chinesa e, segundo a Marinha, se aproxima do final. Incêndio em 2012 destruiu estação, e dois militares morreram.
Por Guilherme Mazui | G1 — Brasília

Passados sete anos desde o incêndio que destruiu a Estação Antártica Comandante Ferraz, a Marinha prevê inaugurar a nova estação em março de 2020.

Executada pela empresa chinesa Ceiec, a obra se aproxima do final, segundo a Marinha, que prevê concluir as obras civis e a instalação de máquinas e mobiliário até 31 de março, iniciando um período de testes do complexo científico até março de 2020. Após os testes, a estação poderá receber militares e pesquisadores.

"A previsão de inauguração é março de 2020, quando os pesquisadores e o Grupo-Base [de militares] deverão ocupar em definitivo as instalações da nova Estação Antártica Comandante Ferraz", informou a Marinha ao G1.

Com investimento de US$ 99,6 milhões, o complexo receberá profissionais que atuam no Programa Antártico Brasileiro (Proantar), criad…

Fonte: exército sírio prepara grande ofensiva para libertar Idlib de grupos terroristas

O exército sírio está preparando uma grande operação para libertar a província de Idlib dos terroristas, disse à Sputnik uma fonte militar síria.


Sputnik

As tropas sírias estão enviando munições e equipamento militar ao norte do país, para perto dos limites da província de Idlib, comunicou a fonte à Sputnik Árabe.

Soldados do Exército sírio na província de Idlib (foto de arquivo)
Militar sírio em Idlib © Sputnik / Ilia Pitalev

"As tropas estão recebendo informações de que os terroristas no norte do país estão se preparando para realizar ataques contra o exército sírio. Já foram tomadas todas as medidas necessárias para reforçar as posições das tropas, agora estas podem repelir toda uma série de possíveis ataques", disse a fonte.

Segundo o interlocutor, unidades do exército sírio estão se deslocando em direção ao norte da província de Hama. Na próxima etapa, planeja-se iniciar uma ofensiva contra as posições dos terroristas do grupo Jaysh al-Izza nas povoações como Kafr Zita, al Lataminah, Latmin, Zakat Arbaen, al Lahaya e Maarkabah.

As forças terroristas na província de Idlib se encontram enfraquecidas por conflitos internos. Ao longo dos últimos oito meses, em resultado de vários confrontos entre grupos de combatentes, quase oito mil radicais foram mortos. Em sua maior parte, são integrantes dos grupos Tahrir al-Sham e Frente Fatah al-Sham.

Na província síria de Idlib permanecem grupos radicais muito diversos. Anteriormente, os especialistas já tinham afirmado que grupos tão diferentes não poderiam coexistir em paz no mesmo território.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas