Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa do Brasil tem maior gasto com pessoal na década, e investimento militar cai

Despesas com ativos e inativos crescem R$ 7,1 bi em 2019, reflexo de aumento salarial
Por Igor Gielow e Gustavo Patu | Folha de S.Paulo

A previsão de gasto militar para o primeiro ano de governo do capitão reformado do Exército Jair Bolsonaro (PSL) traz o maior aumento de despesa com pessoal em dez anos e uma redução expressiva do investimento em programas de reequipamento das Forças Armadas.
Não fosse uma criatividade contábil dos militares, que conseguiram recursos com a capitalização de uma estatal para comprar novos navios, a despesa de investimento seria a menor desde 2009.

A Folha analisou a série histórica com a ferramenta de acompanhamento orçamentário Siga Brasil, do Senado. Para este ano, o Ministério da Defesa, ainda na gestão Michel Temer (MDB), planejou gastar R$ 104,2 bilhões, o quarto maior volume da Esplanada.

Desse montante, R$ 81,1 bilhões irão para pessoal, R$ 13,3 bilhões, para gastos correntes (custeio) e R$ 9,8 bilhões, para investimentos. Os valores não incluem o con…

Força Aérea de Israel realiza ataque de larga escala sobre posições palestinas em Gaza

A Força Aérea de Israel realiza nesta sexta-feira (20) ataques em larga escala sobre posições palestinas em Gaza em resposta a um "grave incidente na fronteira". A informação foi divulgada pelo serviço de imprensa do Exército israelense.


Sputnik

Os militares haviam relatado anteriormente que suas forças na fronteira tinham sido atacados por franco-atiradores do enclave.

Fumaça e chamas são vistas na sequência do que testemunhas disseram ter sido um ataque aéreo israelense, a leste da Cidade de Gaza - 5 de outubro de 2016
Bombardeio israelense a Gaza © REUTERS / Ahmed Zakot

"Aeronaves da Força Aérea de Israel lançaram recentemente uma operação em grande escala contra alvos militares do Hamas em toda a Faixa de Gaza. Em resposta a um sério ataque aos militares israelenses, o exército está realizando um grande ataque em várias posições", afirmou o comunicado.

Anteriormente, o ministro da Defesa de Israel, Avigdor Lieberman, havia alertado sobre uma possível "grande e dolorosa" operação militar na Faixa de Gaza, acusando o Hamas de provocá-la.

Nos último meses, Israel tem sofrido numerosos ataques com pipas, balões e outros objetos funcionando como bombas incendiárias. Segundo The Times of Israel, as tensões entre Tel Aviv e Faixa de Gaza atingiram seu ápice desde 2014.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas