Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA criticam bombardeiros russos na Venezuela: "Nós mandamos navio-hospital"

O coronel Robert Manning, porta-voz do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, criticou com veemência nesta segunda-feira o envio de bombardeiros russos à Venezuela e citou o envio de navio-hospital à região como exemplo do compromisso de Washington com a região.
EFE

Washington - "O enfoque dos EUA sobre a região difere do enfoque da Rússia. No meio da tragédia, a Rússia envia bombardeiros à Venezuela e nós mandamos um navio-hospital", declarou Manning durante uma entrevista coletiva realizada hoje no Pentágono.


O militar se referia com estas palavras ao USNS Comfort, que partiu em meados de outubro rumo à América Central e à América do Sul para oferecer ajuda sanitária aos milhares de refugiados venezuelanos amparados por diversos países da região.

"Enquanto nós oferecemos ajuda humanitária, a Rússia envia bombardeiros", lamentou Manning em referência ao envio uma esquadrilha de aviões russos, incluindo dois bombardeiros estratégicos T-160, capazes de carregar bomb…

Forças israelenses detêm 12 palestinos na Cisjordânia

Forças israelenses detiveram terça-feira pelo menos 12 palestinos e apreenderam dinheiro durante vários ataques à madrugada que provocaram confrontos em toda a Cisjordânia.


Pars Today

As forças do regime usurpador detiveram dois palestinos depois de atacarem as casas de suas famílias na cidade de Belém, na Cisjordânia, informou a Agência de Notícias da Palestina, a WAFA.

Forças israelenses detêm 12 palestinos na Cisjordânia
Reprodução

Eles também invadiram a cidade de al-Khader, ao sul de Belém, onde detiveram cinco palestinos.

No distrito de Al-Khalil, as forças realizaram uma incursão na vila de Deir al-Asal, na cidade de West of Dura, saqueando uma casa e detendo uma mulher.

Várias horas depois, tropas israelenses invadiram a cidade de Beit Ummar, ao norte de Al-Khalil, saqueando as casas de dois prisioneiros e apreendendo a soma de 5.000 shekels israelenses.

Mohammad Awad, um ativista da mídia local, disse que o ataque provocou confrontos durante os quais soldados abriram fogo contra jovens que tentaram bloquear sua passagem e voluntariamente dispararam três tiros vivos em uma casa, quebrando a janela, mas sem causar nenhum ferimento.

No distrito de Ramallah, soldados invadiram a aldeia de Abu Sheikhdem, a noroeste da cidade de Ramallah, onde saquearam uma casa depois de quebrar a porta.

Confrontos semelhantes irromperam na cidade vizinha de Birzeit quando as tropas saíram de Abu Shkheidem. Nenhum ferimento foi relatado.

No distrito de Nablus, forças invadiram a cidade de Beita, no sul da cidade, detendo dois palestinos.

Eles também realizaram um ataque semelhante na vila de Madama, ao sul de Nablus, detendo um ex-prisioneiro.

Outro palestino teria sido detido no bairro da cidade de Nablus, em Jabal al-Shamali.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas