Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa russa: avião Il-20 foi derrubado por mísseis sírios S-200

De acordo com o ministério russo, o sistema de defesa aérea sírio tentava atacar um avião de Israel. No entanto, a tripulação israelense fez uma manobra especial para se proteger, e o míssil acabou atingindo acidentalmente o avião russo Il-20.
Sputnik

O avião Il-20 desapareceu dos radares em 17 de setembro, por volta das 23h do horário de Moscou, (17h em Brasília) durante o retorno planejado à base aérea de Hmeymim, acima do território do mar Mediterrâneo, a 35 quilômetros da costa da Síria, informou o comunicado do Ministério da Defesa da Rússia. O represente oficial da Defesa russa, Igor Konashenkov sublinhou que os aviões israelenses "propositalmente criaram uma situação perigosa para navios e aviões nessa região".

Na opinião dele, para evitar o ataque sírio, a tripulação israelense acabou tornando o Ilyushin-20 alvo de ataque.

"Ao tentarem proteger-se com ajuda do avião russo, os pilotos israelenses o puseram debaixo de fogo do sistema de defesa antiaérea da Síria"…

Forças sírias derrubam avião israelense

Os sistemas de defesa aérea da Síria atingiram um avião da Força Aérea de Israel que realizava ataques contra a base aérea de T-4 na província de Homs.


Sputnik

Anteriormente, a agência de notícias síra SANA informou sobre o ataque israelense à base T-4, durante o qual a defesa aérea síria teria derrubado vários mísseis para repelir o ataque.

Resultado de imagem para f-15 israel
F-15 israelense | Reprodução

"Sistemas de defesa aérea repeliram a agressão israelense, derrubando vários mísseis e atingindo um dos aviões de ataque, forçando os outros a deixarem o espaço aéreo", informou a agência.

Não foi o primeiro ataque à base síria. Na noite de 9 de abril, aeronaves israelenses atacaram a base aérea síria de Tifor, localizada na província síria de Homs. Segundo o Ministério da Defesa da Rússia, dois caças F-15 dispararam oito mísseis, três dos quais atingiram o alvo e cinco foram abatidos. Os conselheiros russos não sofreram durante o ataque. A agência oficial da Síria SANA informou que, como resultado do bombardeio, várias pessoas foram mortas e feridas.

Em resposta ao ataque à base T-4 no início de maio, vários mísseis foram disparados contra posições de Israel nas colinas de Golã. Em 10 de maio, aeronaves israelenses atacaram dezenas de alvos na Síria. Os militares explicaram que foi uma resposta ao foguete do Irã nas colinas de Golã.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas