Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Donetsk declara estar em prontidão de combate para se defender de suposta ofensiva de Kiev

Os destacamentos da autoproclamada República Popular de Donetsk (RPD) estão em prontidão de combate total e completamente equipados com todo o necessário para o caso de haver uma possível ofensiva das Forças Armadas da Ucrânia em Donbass, declarou aos jornalistas o vice-comandante da Milícia Popular da RPD, Eduard Basurin.
Sputnik

Anteriormente, Donetsk denunciou a preparação de um grande ataque por parte de Kiev no sul da região de Donetsk com uso de veículos blindados pesados, artilharia e lançadores múltiplos de foguetes.


Segundo dados da inteligência, a ofensiva foi programada para 14 de dezembro com o objetivo final de tomar sob controle a fronteira com a Rússia. O líder da RPD, Denis Pushilin, declarou por sua vez que as forças de Donetsk estavam prontas para repelir o ataque.

"Todas as unidades militares foram colocadas em prontidão de combate total. Desde o momento em que recebemos informação sobre a preparação de uma ofensiva em grande escala do lado ucraniano, os nossos des…

Guterres quer punição para autores de ataques que mataram mais de 200 na Síria

Secretário-geral expressa choque com “total desrespeito pela vida humana” mostrado pelo grupo terrorista Isil; segundo agências de notícias, funerais em massa estão sendo realizados na cidade de Sweida, no sudoeste da Síria.


ONU

O secretário-geral da ONU, António Guterres, condenou com veemência os ataques terroristas ocorridos esta quarta-feira na cidade de Sweida, na Síria.

Sede do Acnur em Sweida | Acnur/Q. Al Azroni

Segundo agências de notícias, mais de 200 pessoas morreram. Nesta quinta-feira, estão sendo realizados funerais em massa na província, que fica no sudoeste do país.

Atentados Suicidas

Em nota, emitida pelo seu porta-voz, António Guterres disse estar chocado com o total desrespeito pela vida humana mostrado pelo grupo terrorista Estado Islâmico do Iraque e do Levante, Isil, que assumiu a autoria dos atentados.

Os ataques, aparentemente coordenados, incluíram atentados suicidas realizados em várias aldeias sírias e na capital da província de Sweida.

O chefe da ONU expressou solidariedade às famílias das vítimas e desejou rápida recuperação dos feridos.

A nota destaca ainda que os responsáveis pelos ataques devem ser responsabilizados.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas