Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA vão suspender Tratado INF se Rússia não cumprir acordo, diz vice-secretário de Estado

Os EUA vão suspender suas obrigações no Tratado INF, que trata a respeito armas nucleares de médio alcance, no dia 2 de fevereiro se a Rússia não apresentar provas de que está cumprindo o acordo, disse o vice-secretário de Estado.
Sputnik

Em outubro, o presidente dos EUA anunciou que seu país abandonaria o Tratado INF, assinado pelos Estados Unidos e pela União Soviética em 1987.


Trump argumentou que Moscou estava desenvolvendo mísseis que violam esse pacto.

Em 4 de dezembro, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, disse que Washington suspenderia sua adesão ao INF no prazo de 60 dias se a Rússia não voltasse a cumprir suas obrigações.

No entanto, a Rússia nega categoricamente todas as acusações. O líder russo, Vladimir Putin, declarou que Moscou se opõe à violação do Tratado INF, mas responderá se isso acontecer.

Hamas intensifica exercícios de tropas em meio a tensões crescentes com Israel, diz mídia

O movimento Hamas da Faixa de Gaza intensificou os treinamentos de seus militares frente a um possível conflito com Israel, informou a emissora israelense Kan.


Sputnik

Segundo a mídia, isso pode significar que o Hamas está se preparando para um conflito de grande escala com Israel, que recentemente implantou seu sistema de defesa antimíssil Iron Dome ao longo de suas fronteiras no sul do país.

Militantes do Hamas em Gaza
Militantes do Hamas em Gaza © AP Photo / Khalil Hamra

O relatório da Kan supõe que no último mês o Hamas está em estado de alta alerta.

A emissora Channel 2 News também informou que o Hamas voltou a deslocar suas forças ao longo da fronteira com Israel desde maio, quando começaram conflitos de grande escala. O deslocamento das forças, segundo a mídia, pode sinalizar que o movimento terrorista esteja interessado em retomar o controle sobre o território perto da fronteira.

Além disso, o deslocamento pode ter como objetivo manter a paz na região, impedindo que manifestantes incentivem violência contra Israel.

O exército israelense, no entanto, espera que o Hamas não recorra à força e opte pelo melhoramento da situação humanitária na Faixa de Gaza.

Na quinta-feira passada (5), o Ministério da Defesa israelense anunciou ter testado com sucesso seu sistema de defesa antimíssil Iron Dome desde a base aérea de Palmachim, localizada perto da Faixa de Gaza. Durante o teste, foram lançados vários tipos de alvos simulando ameaças que proveem de Gaza, relatou Jerusalem Post.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas