Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Donetsk declara estar em prontidão de combate para se defender de suposta ofensiva de Kiev

Os destacamentos da autoproclamada República Popular de Donetsk (RPD) estão em prontidão de combate total e completamente equipados com todo o necessário para o caso de haver uma possível ofensiva das Forças Armadas da Ucrânia em Donbass, declarou aos jornalistas o vice-comandante da Milícia Popular da RPD, Eduard Basurin.
Sputnik

Anteriormente, Donetsk denunciou a preparação de um grande ataque por parte de Kiev no sul da região de Donetsk com uso de veículos blindados pesados, artilharia e lançadores múltiplos de foguetes.


Segundo dados da inteligência, a ofensiva foi programada para 14 de dezembro com o objetivo final de tomar sob controle a fronteira com a Rússia. O líder da RPD, Denis Pushilin, declarou por sua vez que as forças de Donetsk estavam prontas para repelir o ataque.

"Todas as unidades militares foram colocadas em prontidão de combate total. Desde o momento em que recebemos informação sobre a preparação de uma ofensiva em grande escala do lado ucraniano, os nossos des…

'Homens santos hipócritas', diz Mike Pompeo sobre líderes do Irã

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, chamou os líderes religiosos do Irã de "homens santos hipócritas", além de acusá-los de corrupção ao afirma que eles acumulam vastas somas de riqueza enquanto permitem que seu povo sofra.


Sputnik

As críticas de Pompeo vêm próximas do 40º aniversário da revolução islâmica no país, enquanto os EUA se preparam para reimpor sanções econômicas.

CIA Director Mike Pompeo speaks at a Senate Select Committee on Intelligence hearing on worldwide threats, Tuesday, Feb. 13, 2018, in Washington.
Mike Pompeo © AP Photo / Andrew Harnik

Em declarações preparadas para um discurso neste domingo (22) na Biblioteca e Museu Presidencial Ronald Reagan, Pompeo disse que os EUA não vão calar sobre o que ele entende como abusos do governo iraniano.

Pompeo criticou os líderes políticos, judiciais e militares do Irã, e disse que o governo "reprimiu sem piedade os direitos humanos, a dignidade e as liberdades fundamentais de seu próprio povo".

O secretário de Estado também afirmou que irá se aproximar dos importadores de petróleo para que diminuam as importações para o mais próximo de zero.

Sem tirar o pé do acelerador ele ainda afirmou que o país é governado por "algo que parece mais uma máfia do que um governo" e que o presidente Hassan Rouhani e seu Ministro de Relações Exteriores, Mohammad Javad Zarif não passam de marionetes dos aiatolás.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas