Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin ameaça retaliar se EUA instalarem mísseis na Europa

Em seu discurso sobre o estado da nação, presidente russo faz ataques a Washington e promete apontar seu arsenal para os Estados Unidos e para o continente europeu se mísseis americanos atravessarem o Atlântico.
Deutsch Welle

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, alertou nesta quarta-feira (20/02) que seu país responderá a um possível envio de mísseis americanos à Europa, fazendo com que não apenas os países que receberem esses armamentos se tornem alvos, mas também os Estados Unidos.


Em seu discurso anual sobre o estado da nação em Moscou, Putin elevou o tom ao comentar uma nova e potencial corrida armamentista. Ele afirmou que a reação russa a um possível envio seria rigorosa e que as autoridades em Washington – algumas das quais estariam obcecadas com o "excepcionalismo" americano – deveriam calcular os riscos antes de tomar qualquer medida.

"É o direito deles de pensar da forma que quiserem. Mas eles sabem fazer cálculos? Tenho certeza que sabem. Deixemos que eles cal…

Israel endurece bloqueio a Gaza e suspende fornecimentos de combustível

Israel reforçou seu bloqueio à Faixa de Gaza, suspendendo o fornecimento de combustível até ao fim da semana, informou o Ministério da Defesa do país.


Sputnik

"O ministro da Defesa, Avigdor Lieberman, decidiu, após ter consultado com o chefe do Estado-Maior, fechar [a passagem de] Kerem Shalom ao fornecimento de combustível e gás até o domingo", diz um comunicado do ministério.

Soldados israelenses perto da fronteira com a faixa de Gaza
Militares israelenses na Faixa de Gaza © REUTERS / Amir Cohen

Segundo o documento, a decisão foi tomada devido ao "esforço terrorista constante do movimento Hamas", nomeadamente lançamentos de balões incendiários.

Segundo o comunicado da Defesa israelense, a única passagem de mercadorias na fronteira entre Israel e a Faixa de gaza continuará a deixar passar alimentos e medicamentos, o fornecimento dos quais será aprovado em base de avaliações individuais.

Há uma semana, Israel fechou a passagem de Kerem Shalom às exportações e importações comerciais, mas o fornecimento de combustível continuava.

Além disso, Israel diminuiu a zona de pesca ao largo de Gaza de seis para três milhas.

Comentários

Postagens mais visitadas