Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pentágono nega que avião russo tenha 'expulsado' bombardeiro americano do Báltico

O Pentágono não concorda que o bombardeiro estratégico norte-americano B-52H tenha sido expulso por um caça russo Su-27 sobre o mar Báltico, comunicou à Sputnik o representante da entidade militar americana Eric Pahon.
Sputnik

"O avião da Força Aérea dos EUA B-52H realizava operações rotineiras no espaço aéreo internacional segundo o princípio da liberdade de navegação e de voo. Em 20 de março, o B-52H teve um encontro ordinário com um Su-27 russo que efetuava operações sobre o mar Báltico", esclareceu o porta-voz do Pentágono.

Pahon acrescentou que o Su-27 não expulsou o B-52H, que conseguiu completar a sua missão.

Na véspera, o Ministério da Defesa da Rússia publicou um vídeo de caças russos escoltando um bombardeiro estratégico americano Boeing B-52H sobre as águas neutras do mar Báltico. Segundo o comunicado, dois caças Su-27 levantaram voo para identificar e acompanhar a aeronave dos EUA.

De acordo com o Ministério, após o B-52H ter mudado de trajetória, distanciando-se da f…

Laboratório dos EUA publica imagens secretas de explosões nucleares (VÍDEO)

O Laboratório Nacional de Lawrence Livermore publicou 210 explosões nucleares efetuadas pelos EUA que até então eram secretas.


Sputnik

As explosões disponibilizadas pelo laboratório de pesquisa nuclear em seu canal do YouTube aconteceram entre 1945 e 1962. As gravações fazem parte de mais de 10.000 explosões que foram realizadas ao longo desses anos.


Explosão nuclear (imagem referencial)
CC0 / Pixaby/geralt / Bomba atômica, arma nuclear

Desde 2017, o laboratório está desenvolvendo um projeto de digitalização das antigas gravações que foram feitas com câmeras de alta velocidade.

Segundo informações passadas pelo laboratório, os vídeos são utilizados para melhorar a precisão dos modelos virtuais, o que permite evitar a realização de ensaios com explosões reais.

"São armas devastadoras e espero que nunca sejam usadas em guerra", disse Gregg Spriggs, o chefe do projeto.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas