Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin ameaça retaliar se EUA instalarem mísseis na Europa

Em seu discurso sobre o estado da nação, presidente russo faz ataques a Washington e promete apontar seu arsenal para os Estados Unidos e para o continente europeu se mísseis americanos atravessarem o Atlântico.
Deutsch Welle

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, alertou nesta quarta-feira (20/02) que seu país responderá a um possível envio de mísseis americanos à Europa, fazendo com que não apenas os países que receberem esses armamentos se tornem alvos, mas também os Estados Unidos.


Em seu discurso anual sobre o estado da nação em Moscou, Putin elevou o tom ao comentar uma nova e potencial corrida armamentista. Ele afirmou que a reação russa a um possível envio seria rigorosa e que as autoridades em Washington – algumas das quais estariam obcecadas com o "excepcionalismo" americano – deveriam calcular os riscos antes de tomar qualquer medida.

"É o direito deles de pensar da forma que quiserem. Mas eles sabem fazer cálculos? Tenho certeza que sabem. Deixemos que eles cal…

Mais de 1.500 civis evacuados da província síria de Idlib

Mais de 1.500 civis sírios moradores das localidades de Kefraya e Fua, na província de Idlib ao norte, saíram hoje em cerca de 40 ônibus em qualidade de evacuados para refúgios temporários em Alepo.


Prensa Latina
Damasco - Imagens da televisão síria mostraram os momentos em que o comboio de ônibus abandonou o corredor de Al-Eis, no sul de Alepo.


Em virtude de um convênio estabelecido entre o governo sírio e o grupo terrorista Frente Al Nusra, nas próximas horas deve se completar nas demarcações de Kefraya e Fua, assediadas pelos extremistas, a saída de ao redor de sete mil civis.

Esse total inclui também pessoas que foram libertadas, outrora sequestradas pelos radicais residentes de Ishtubruk.

Segundo fontes da oposição síria, amparados pelo pacto, ao redor de 1.500 presos serão deixados em liberdade pelo governo deste país do Mediterrâneo.

Como parte do convênio, nas últimas horas, 13 pessoas doentes foram transladadas de Kefraya e Fua a hospitais da cidade de Alepo para receber tratamento médico, indicou em um comunicado a Meia Lua Vermelha Árabe Síria.

Muitos recordam que em abril de 2015, destacamentos radicais da Frente Al-Nusra mataram em Ishtubruk cerca de 200 civis e sequestraram centenas, incluídas famílias inteiras.

A incursão dos terroristas também provocou o êxodo de milhares de moradores de Ishtubruk.

O exército sírio combate terroristas nas províncias de Deraa e Quneitra, e uma vez concluídas suas ações militares nesses territórios, planeja realizar outra ofensiva antiterrorista em Idlib, província localizada 300 quilômetros ao norte de Damasco.

Junto com as operações militaras, as tropas leais ao Executivo nacional aplicam em diversos lugares do país a política de reconciliação nacional, dirigida a evitar derramamento de sangue desnecessário e alcançar a paz e a estabilidade nesta nação árabe, em guerra desde março de 2011.

Comentários

Postagens mais visitadas