Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Marinhas da Rússia e Japão realizam treinamento militar conjunto em Maizuru

Militares das frotas russas e japonesas realizaram um treinamento militar conjunto de busca e interceptação de navios na base das Forças de Autodefesa Marítimas do Japão, em Maizuru.


Sputnik

O treinamento foi realizado como parte de uma visita de três navios russos ao Japão, de acordo com o serviço de notícias da Frota do Oceano Pacífico do Leste do Distrito Militar da Rússia.

Fragata de guerra Almirante Vinogradov.
Fragata russa Almirante Vinogradov | CC0

O destacamento de navios de guerra, que inclui dois grandes navios anti-submarinos — o Almirante Tributs e o Almirante Vinogradov — e um petroleiro de médio alcance Pechenga, chegaram à base da Marinha do Japão na quinta-feira.

"De acordo com o plano de visitas, unidades marítimas do destacamento da Frota do Pacífico, agindo como uma equipe de busca, juntamente com soldados japoneses, realizaram um exercício de busca de embarcações suspeitas", afirmou o serviço de notícias.

Ambos os lados conduziram visitas aos seus respectivos navios de guerra.

As atividades de cooperação estão sendo conduzidas no Tributs e no Vinogradov. Um jogo de futebol entre os militares das duas nações também foi programado, de acordo com o comunicado. A visita deve terminar em 10 de julho.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas