Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA: sanções contra Venezuela servem como 'alerta para atores externos, incluindo Rússia'

Na última terça-feira (17), o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, culpou a Rússia e a Venezuela pela crise de refugiados observada no país latino-americano.
Sputnik

O conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, John Bolton, anunciou nesta quarta-feira (17) que os EUA estão impondo uma nova rodada de sanções contra a Venezuela, acrescentando o banco central do país à lista de restrições. 

Segundo o conselheiro de Segurança Nacional, as sanções recém-aplicadas deveriam se tornar um alerta para "todos os atores externos, inclusive a Rússia".

Desde o início da crise política na Venezuela no início deste ano, os EUA impuseram várias rodadas de sanções, visando os setores petrolífero e bancário do país, bem como indivíduos ligados às autoridades do país.

A Venezuela está sofrendo grave crise política desde janeiro. Junto com outros países ocidentais, os EUA apoiam Juan Guaidó, que se proclamou presidente interino da Venezuela. Ao mesmo tempo, Rússia, China e Turquia, entre outros…

Mísseis disparados da Síria caem no mar da Galileia, em Israel

Dois mísseis provenientes da Síria caíram nesta quarta-feira no mar da Galileia, no norte de Israel, sem deixar mortos ou feridos, segundo informou a mídia local.


Sputnik

"Dois mísseis lançados da Síria caíram no mar da Galileia. Foliões do verão que estavam aproveitando a água viram dois projéteis caindo do céu", disse a jornalista Noga Tarnopolsky, acrescentando que as unidades de artilharia das Forças de Defesa de Israel (IDF) responderam com um ataque a posições do Exército Sírio na zona de fronteira.

Vista aérea mostra o estuário do rio Jordão, no mar da Galileia, próximo ao assentamento comunitário de Karkom, norte de Israel (Arquivo)
Estuário do rio Jordão, no mar da Galiléia © AP Photo / Oded Balilty

Os mísseis teriam partido da parte sul das colinas de Golã, onde as forças leais ao presidente sírio, Bashar Assad, já recuperaram quase a totalidade das aldeias que se encontravam sob controle de grupos rebeldes armados.

De acordo com militares israelenses, o sistema de defesa antiaérea foi ativado logo após a identificação dos projéteis, mas não chegou a disparar mísseis interceptores.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas