Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin ameaça retaliar se EUA instalarem mísseis na Europa

Em seu discurso sobre o estado da nação, presidente russo faz ataques a Washington e promete apontar seu arsenal para os Estados Unidos e para o continente europeu se mísseis americanos atravessarem o Atlântico.
Deutsch Welle

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, alertou nesta quarta-feira (20/02) que seu país responderá a um possível envio de mísseis americanos à Europa, fazendo com que não apenas os países que receberem esses armamentos se tornem alvos, mas também os Estados Unidos.


Em seu discurso anual sobre o estado da nação em Moscou, Putin elevou o tom ao comentar uma nova e potencial corrida armamentista. Ele afirmou que a reação russa a um possível envio seria rigorosa e que as autoridades em Washington – algumas das quais estariam obcecadas com o "excepcionalismo" americano – deveriam calcular os riscos antes de tomar qualquer medida.

"É o direito deles de pensar da forma que quiserem. Mas eles sabem fazer cálculos? Tenho certeza que sabem. Deixemos que eles cal…

Mísseis disparados da Síria caem no mar da Galileia, em Israel

Dois mísseis provenientes da Síria caíram nesta quarta-feira no mar da Galileia, no norte de Israel, sem deixar mortos ou feridos, segundo informou a mídia local.


Sputnik

"Dois mísseis lançados da Síria caíram no mar da Galileia. Foliões do verão que estavam aproveitando a água viram dois projéteis caindo do céu", disse a jornalista Noga Tarnopolsky, acrescentando que as unidades de artilharia das Forças de Defesa de Israel (IDF) responderam com um ataque a posições do Exército Sírio na zona de fronteira.

Vista aérea mostra o estuário do rio Jordão, no mar da Galileia, próximo ao assentamento comunitário de Karkom, norte de Israel (Arquivo)
Estuário do rio Jordão, no mar da Galiléia © AP Photo / Oded Balilty

Os mísseis teriam partido da parte sul das colinas de Golã, onde as forças leais ao presidente sírio, Bashar Assad, já recuperaram quase a totalidade das aldeias que se encontravam sob controle de grupos rebeldes armados.

De acordo com militares israelenses, o sistema de defesa antiaérea foi ativado logo após a identificação dos projéteis, mas não chegou a disparar mísseis interceptores.

Comentários

Postagens mais visitadas