Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

General brasileiro em forças dos EUA atrapalha laços com Moscou e Pequim, diz especialista

A decisão do Brasil de enviar um oficial para integrar as Forças Armadas dos Estados Unidos deve atrapalhar as relações do país com importantes aliados, como China e Rússia. A avaliação é do especialista em Relações Internacionais Paulo Velasco, que conversou nesta segunda-feira com a Sputnik sobre esse polêmico assunto.
Sputnik

Na última semana, se tornou pública no Brasil a notícia de que o país indicará, até o final do ano, um general para assumir um posto no Comando Sul (SouthCom) dos EUA, que cobre América Central, Caribe e América do Sul, provocando controvérsias.


De acordo com o comandante responsável, o almirante Craig Faller, os interesses norte-americanos na região seriam ameaçados por Rússia, China, Irã, Venezuela, Cuba e Nicarágua, países com os quais o Brasil poderá ter relações prejudicadas por conta dessa situação, conforme acredita Velasco, professor adjunto de Política Internacional do Departamento de Relações Internacionais da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (U…

Netanyahu ameaça Gaza com ataque sete vezes mais poderoso

Israel está pronto para um ataque muito mais potente contra as forças do Hamas na Faixa de Gaza se for necessário, segundo afirmou hoje o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu.


Sputnik

"No final de semana, nós demos um duro golpe no Hamas. Se necessário, vamos realizar um ataque que será sete vezes mais poderoso", disse o premiê.

Primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu
Benjamin Netanyahu © AP Photo / Gali Tibbon/Pool

As autoridades israelenses vêm apostando no uso da força para acabar com distúrbios na zona de fronteira com Gaza, lançando mão de ações militares, ameaças e sanções econômicas contra membros do grupo Hamas.

Ontem, uma fonte de alto nível em Jerusalém disse à Sputnik que a organização teria concordado com as demandas israelenses, prometendo parar com as agitações na fronteira, incluindo o lançamento de balões de incêndio contra Israel.

Na última sexta-feira, 20, forças israelenses bombardearam cerca de 70 instalações pertencentes ao Hamas em Gaza depois que um soldado de Israel foi morto junto com quatro palestinos durante uma troca de tiros na zona de fronteira. Depois do ataque, que demorou horas, foi informado que as duas partes teriam chegado a um acordo sob a mediação do Egito.

Comentários

Postagens mais visitadas