Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Primeiro voo do Aero L-159T2

A Aero Vodochody realizou o primeiro voo do treinador a jato L-159T2 de dois lugares em 1º de agosto. O voo de 30 minutos foi conduzido pelos pilotos de testes da empresa Vladimír Kvarda e David Jahoda.
Poder Aéreo

A Força Aérea Tcheca encomendou três exemplares em 2016, que devem ser entregues até o final deste ano. As aeronaves L-159 são operadas pelas forças aéreas tcheca e iraquiana, pela empresa americana Draken International e, no passado, foram alugadas pela Força Aérea Húngara para treinamento de pilotos.

Estas novas aeronaves de assento duplo T2 têm uma fuselagem central e dianteira recém-construída e apresentam várias melhorias significativas, principalmente em equipamentos de cockpit e sistema de combustível, e são totalmente compatíveis com o NVG. Cada cockpit é equipado com duas telas multifuncionais e um assento de ejeção VS-20 atualizado. A aeronave também pode oferecer uma capacidade de reabastecimento sob pressão. O radar GRIFO, já em uso na versão de um único assento, a…

Os destróieres de mísseis guiados classe ‘Kidd’ (VIDEO)

Os destróieres de mísseis guiados (DDGs) da classe Kidd eram uma série de quatro navios de guerra baseados nos destróieres da classe Spruance. 


Poder Naval

Os Kidds foram projetados como navios multiuso mais avançados, em contraste com o foco de seu antecessor na guerra antissubmarino, adicionando capacidades antiaéreas consideravelmente aprimoradas.

USS Kidd (DDG-993)
USS Kidd (DDG-993)

Originalmente encomendados para a antiga Marinha Imperial do Irã, os contratos foram cancelados quando a Revolução Iraniana de 1979 começou, e os navios foram concluídos para servirem a Marinha dos EUA.

Por serem equipados com ar-condicionado para serviços pesados e outros recursos que os tornavam adequados em climas quentes, eles costumavam ser usados no Oriente Médio, especificamente no próprio Golfo Pérsico.

Em serviço com a Marinha dos Estados Unidos da década de 1980 até o final da década de 1990, eles foram desativados e vendidos para a Marinha da República da China (Taiwan) como a classe “Kee Lung”.

História

Estes navios foram originalmente encomendados pelo último xá (rei) do Irã para o serviço no Golfo Pérsico, em um papel de defesa aérea. O Xá foi derrubado na Revolução Iraniana, antes de o Irã aceitar a entrega dos navios, fazendo com que a Marinha dos Estados Unidos integrasse os navios em sua própria frota.

USS Callaghan (DDG-994)
USS Callaghan (DDG-994)

Cada navio da classe recebeu o nome de um almirante da Marinha dos EUA que morreu em combate no Pacífico na Segunda Guerra Mundial:

  • USS Kidd (DDG-993);
  • USS Callaghan (DDG-994);
  • USS Scott (DDG-995);
  • USS Chandler (DDG-996).

Em 1988-90, os Kidd receberam o “New Threat Upgrade”, que permitiu o envolvimento cooperativo com os cruzadores da classe Aegis Ticonderoga, permitindo que os cruzadores controlassem os mísseis superfície-ar dos “Kidds” enquanto os destróieres permaneciam eletronicamente silenciosos. No entanto, a chegada dos destróieres da classe “Arleigh Burke”, equipados com o Aegis, levou à aposentadoria acelerada da classe “Kidd”.

Todos os quatro navios foram desativados da Marinha dos EUA no final da década de 1990 e foram inicialmente ofertados para venda na Austrália em 1997 por AS$ 30 milhões cada.

Em 1999, a oferta foi rejeitada, com base nos extensos problemas que a Marinha Real Australiana havia encontrado durante a aquisição de dois navios de desembarque de tanques de classe de “Newport” excedentes da Marinha dos EUA em 1994.

Após a recusa australiana, os quatro navios foram oferecidos à Grécia, que também se recusou.

USS Chandler (DDG-996) visto do alto
USS Chandler (DDG-996) visto do alto

Venda e reativação

Em 2001, os EUA autorizaram a reativação e venda de todos os quatro navios para Taiwan. Todos os quatro foram transferidos para a Marinha da República da China sob o programa Kuang Hua VII. Os quatro navios foram vendidos por um preço total de US$ 732 milhões com hardware atualizado, revisão, ativação e treinamento, incluindo um carregamento reduzido de mísseis de 148 Standard SM-2 Block IIIA e 32 mísseis antinavio Harpoon RGM-84L Block II. A reativação foi feita em Charleston, Carolina do Sul, pela VSE / BAV.

Destróieres classe Kung Lung

Os dois primeiros navios, ex-Scott e ex-Callaghan, chegaram a Su-ao, um porto militar no leste de Taiwan, em dezembro de 2005, e receberam o nome de Kee Lung (DDG-1801) e Su Ao (DDG-1802) na cerimônia de comissionamento em 17 de dezembro de 2005. Seguindo a tradição da nomenclatura da classe de navios, a ROCN referiu esses navios como destróieres da classe Kee Lung. As duas unidades restantes, ex-Kidd e ex-Chandler, foram entregues em 2006 e receberam o nome de Tso Ying (DDG-1803) e Ma Kong (DDG-1805), respectivamente.

Tso Ying (DDG-1803)
Tso Ying (DDG-1803)

O Legislatura Yuan, liderada pela oposição, alocou originalmente apenas dinheiro suficiente para comprar metade dos mísseis antiaéreos SM-2 que os destróieres podem carregar; uma compra adicional de 100 mísseis SM-2MR suplementares foi incluída no orçamento anual de 2007 para garantir que todos os quatro navios tivessem carga total de SM-2.

No final de 2008, o DDG-1802 Su Ao foi identificado como tendo oito mísseis antinavio HF-3 instalados no lugar de oito Harpoon. Foi especulado a partir de 2014 que um sistema de mísseis Sky Bow, atualmente planejado para um programa de construção naval que envolve a aquisição de até 15 fragatas de uso geral e três ou quatro destróieres de defesa aérea, também estará substituindo o sistema de mísseis Standard SM-2 nesses navios.

Nome:Destróieres classe Kidd
Construtores:Ingalls Shipbuilding, Pascagoula, Mississippi
Operadores:
  •  United States Navy
  •  Republic of China (Taiwan) Navy (classe Kee Lung)
Precedido por:Classe Spruance
Sucedido por:Classe Arleigh Burke
Construção:1978
Em comissão:
  • 1981–1999(United States Navy)
  • 2005– (Marinha da República da China (Taiwan) )
Completados:4
Ativos:4 (República da China (Taiwan))
CARACTERÍSTICAS GERAIS
Tipo:Destróier de mísseis guiados
Deslocamento:
  • Leve: 7.289 toneladas
  • Total: 9.783 toneladas
Comprimento:172 metros
Boca:17 metros
Calado:9,6 metros
Propulsão:4 × turbinas a gás General Electric LM2500, 2 eixos, 80.000 shp (60 MW)
Velocidade:33 nós (61 km/h)
Alcance:
  • 6.000 milhas náuticas (11.000 km) a 20 nós (37 km/h)
  • 3.300 milhas náuticas (6.100 km) a 30 nós (56 km/h)
Sensores:
  • Radar de busca aérea SPS-48E Air Search Radar
  • 2 x radares SPG-51D de direção de tiro
  • 1 x radar de direção de tiro de canhão AN/SPG-60
  • Radar de busca de superfície SPS-55
  • Radar de direção de tiro SPQ-9A
  • Sonar de casco SQS-53
Guerra eletrônica:
  • Suíte EW AN/SLQ-32(V)3 OUTBOARD II
  • Despistadores Mark 36 SRBOC
  • Despistador de torpedos rebocado AN/SLQ-25 Nixie
Armamento:
  • 2× canhões de 5 polegadas (127mm) 54 calibre Mark 45 de duplo emprego
  • 2× lançadores conteiráveis Mk.26 para 68 mísseis RIM-66 Standard
  • 2× Phalanx CIWS Mark 15 de 20 mm
  • 2× 4 mísseis antinavio Harpoon
  • 2× lançadores triplos Mark 32 de 12.75 polegadas (324 mm) para torpedos antissubmarino Mk46)
Aeronaves:2 helicópteros SH-60/S-70C LAMPS III
Instalações de aviação:Convés de voo e hangar coberto para a operação de dois helicópteros de porte médio


Postar um comentário

Postagens mais visitadas