Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Vídeo mostra momento do encontro do submarino argentino Ara San Juan

Profissionais que operavam um dos veículos submarinos foram os primeiros a ver em tela as imagens da embarcação, que estava desaparecida desde 15 de novembro do ano passado. Submarino foi localizado a 907 metros de profundidade.
Por G1

Um vídeo divulgado neste domingo (18) mostra as primeiras imagens do submarino Ara San Juan, no momento em que profissionais da empresa Ocean Infinity o localizaram. O encontro foi anunciado pela Marinha da Argentina na madrugada de sábado.


No vídeo é possível ver quando a equipe que opera um dos veículos que fazia as buscas vê a embarcação pela primeira vez em uma região de cânions (espécie de rios submarinos), a 907 metros de profundidade, e a 600 km da cidade de Comodoro Rivadavia.

O Ara San Juan desapareceu em 15 de novembro de 2017, com 44 pessoas a bordo, e sofreu uma "implosão" no fundo das águas do Oceano Atlântico.

Segundo Enrique Balbi, porta-voz da Marinha, a proa, a popa e a vela se desprenderam do submarino e estão localizadas em uma á…

OTAN em plena expansão: mais um país está prestes a entrar na Aliança

A Geórgia se unirá à OTAN, afirmou o secretário-geral da Aliança, Jens Stoltenberg, em comunicado à imprensa no site da Aliança.


Sputnik

"Você é um dos nossos principais parceiros e um amigo em quem podemos confiar […] A Geórgia vai se tornar membro da OTAN, os líderes dos países-membros confirmaram isso", afirmou Stoltenberg.

Soldados georgianos durante a cerimônia de inauguração do Centro Conjunto de Treinamento e Avaliação da OTAN, Tbilisi, Geórgia, agosto de 2015
Militares georgianos © AP Photo / VANO SHLAMOV

Segundo o secretário-geral, a Aliança está impressionada com o progresso que Tbilisi atingiu através das reformas e pede ao país que continue seguindo com o mesmo espírito. Ele também frisou a contribuição da Geórgia na solução da situação no Afeganistão, garantindo a segurança na região do mar Negro e apoiando a integridade territorial dentro das fronteiras dos países reconhecidos pela comunidade internacional, citando as regiões da Abkházia e Ossétia do Sul.

Em maio, o primeiro-ministro georgiano, Giorgi Kvirikashvili, declarou que o país se unirá à OTAN até 2021.

Antes disso, o presidente da Geórgia, Giorgi Margvelashvili, disse que cumpriu todos os requisitos de seu "dever de casa", inclusive a realização das reformas necessárias e cumpriu várias exigências que a OTAN apresentou para se juntar à organização.

O Ministério das Relações Exteriores da Rússia acredita que o aprofundamento da cooperação entre a Geórgia e a OTAN é uma ameaça à segurança da Transcaucásia.

Em 11 de julho, a OTAN convidou a Macedônia para negociar a adesão. O país se tornará o 30º membro depois de realizar um referendo sobre a mudança de seu nome.

A reunião de cúpula da OTAN será realizada em Bruxelas de 11 a 12 de julho.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas