Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Israel prende o governador palestino de Jerusalém

Motivo da detenção foram crimes cometidos na Cisjordânia ocupada, segundo a Organização para a Libertação da Palestina.
France Presse

Israel prendeu o governador palestino de Jerusalém por crimes que teria cometido na Cisjordânia ocupada, que não foram especificados, informou a Organização para a Libertação da Palestina (OLP).

O governador Adnan Gheith foi detido no sábado (20) à noite no bairro palestino de Beit Hanina, em Jerusalém Oriental, ocupada e anexada por Israel. Será apresentado a um tribunal dentro de quatro dias, afirma a OLP em um comunicado.

Para o dirigente da OLP Saeb Erakat, a detenção é "um novo passo contra a presença palestina em Jerusalém" e constitui uma violação da legislação israelense a respeito das instituições palestinas da cidade.

"As ameaças contra dirigentes palestinos, sua detenção, inclusive o 'sequestro' do governador Gheith, são parte de um plano que pretende sufocar todas as bases de uma solução política com dois Estados e com as f…

Rebocador de Alto-Mar ‘Almirante Guilhem’ encerra atividades na Marinha do Brasil

O Rebocador de Alto-Mar (RbAM) “Almirante Guilhem” (para conhecer o histórico do navio clique aqui) deixou o serviço ativo da Marinha em cerimônia presidida pelo Chefe do Estado-Maior da Armada, Almirante de Esquadra Ilques Barbosa Junior.


Poder Naval

A Mostra de Desarmamento, como é chamada a cerimônia que encerra o serviço ativo de um navio da Armada, aconteceu na Base Naval de Val-de-Cães, em Belém-PA, no dia 26 de julho.

Rebocador de Alto-Mar Almirante Guilhem
Rebocador de Alto-Mar Almirante Guilhem – R24

O navio, que foi incorporado à Marinha do Brasil (MB) há 37 anos, atingiu a marca de 2.136 dias de mar e 284.291 milhas náuticas navegadas.

Ao longo desses anos, participou de importantes comissões no Brasil e no exterior e prestou grandes serviços, como o desencalhe do Navio Hidrográfico “Taurus” e o reboque do ex-Navio de Desembarque Doca “Ceará”, da cidade de Belém para o Rio de Janeiro-RJ, que demandou um importante processo de planejamento da MB.

Desde 2003, o RbAM “Almirante Guilhem” atuava no litoral dos estados do Amapá, Maranhão, Pará, Piauí e também nos rios da Amazônia.

Suas missões em prol da sociedade renderam ao navio sete títulos de “Navio de Socorro do ano”.

FONTE: Marinha do Brasil

Postar um comentário

Postagens mais visitadas