Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa russa: avião Il-20 foi derrubado por mísseis sírios S-200

De acordo com o ministério russo, o sistema de defesa aérea sírio tentava atacar um avião de Israel. No entanto, a tripulação israelense fez uma manobra especial para se proteger, e o míssil acabou atingindo acidentalmente o avião russo Il-20.
Sputnik

O avião Il-20 desapareceu dos radares em 17 de setembro, por volta das 23h do horário de Moscou, (17h em Brasília) durante o retorno planejado à base aérea de Hmeymim, acima do território do mar Mediterrâneo, a 35 quilômetros da costa da Síria, informou o comunicado do Ministério da Defesa da Rússia. O represente oficial da Defesa russa, Igor Konashenkov sublinhou que os aviões israelenses "propositalmente criaram uma situação perigosa para navios e aviões nessa região".

Na opinião dele, para evitar o ataque sírio, a tripulação israelense acabou tornando o Ilyushin-20 alvo de ataque.

"Ao tentarem proteger-se com ajuda do avião russo, os pilotos israelenses o puseram debaixo de fogo do sistema de defesa antiaérea da Síria"…

Rússia desmente rumores sobre vítimas entre militares russos na Síria

O ministério da Defesa da Rússia negou nesta terça-feira relatos, divulgados na mídia, sobre supostas mortes de militares russos na Síria em um ataque terrorista, realizado pelo Daesh.


Sputnik

"O relatório divulgado pelo portal de notícias da Internet Lenta.ru, com referência aos portais do grupo terrorista Daesh, sobre supostas mortes de militares russos na Síria após um ataque terrorista é mais uma farsa", declarou o ministério em um comunicado.

Engenheiros militares russos ajudam a neutralizar minas em áreas orientais da cidade síria de Aleppo (foto de arquivo)
Engenheiros militares russos em Aleppo © Sputnik / Ministério da Defesa da Rússia

Segundo o órgão, "não foram registradas perdas entre os militares russos na província de Deir ez-Zor, bem como no território da República Árabe da Síria como um todo".

O ministério também lamentou o envolvimento do portal de notícias russo na disseminação de "informações enganosas, deliberadamente espalhadas por terroristas do Daesh".

Postar um comentário

Postagens mais visitadas