Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Donetsk declara estar em prontidão de combate para se defender de suposta ofensiva de Kiev

Os destacamentos da autoproclamada República Popular de Donetsk (RPD) estão em prontidão de combate total e completamente equipados com todo o necessário para o caso de haver uma possível ofensiva das Forças Armadas da Ucrânia em Donbass, declarou aos jornalistas o vice-comandante da Milícia Popular da RPD, Eduard Basurin.
Sputnik

Anteriormente, Donetsk denunciou a preparação de um grande ataque por parte de Kiev no sul da região de Donetsk com uso de veículos blindados pesados, artilharia e lançadores múltiplos de foguetes.


Segundo dados da inteligência, a ofensiva foi programada para 14 de dezembro com o objetivo final de tomar sob controle a fronteira com a Rússia. O líder da RPD, Denis Pushilin, declarou por sua vez que as forças de Donetsk estavam prontas para repelir o ataque.

"Todas as unidades militares foram colocadas em prontidão de combate total. Desde o momento em que recebemos informação sobre a preparação de uma ofensiva em grande escala do lado ucraniano, os nossos des…

Rússia reforçará sua Marinha com 26 novos navios de guerra

A Rússia fortalecerá sua frota militar este ano com 26 novos navios, quatro deles equipados com mísseis de cruzeiro Kalibr, anunciou neste domingo (29) o presidente russo, Vladimir Putin.


Poder Naval

“No total, em 2018, a Marinha vai ter 26 novos navios de guerra, quatro deles equipados com mísseis Kalibr”, declarou Putin, citado pela agência de notícias Interfax, durante uma visita a São Petersburgo, no âmbito do Dia da Marinha.

Navios russos em Parada Naval
Navios de guerra russos na Parada Naval

Putin recordou que a frota russa já incorporou oito navios no ano passado.

Com um alcance de 1.900 km, os mísseis Kalibr são o equivalente russo dos Tomahawk americanos. Durante os últimos anos, eles foram usados repetidamente contra grupos rebeldes e jihadistas na Síria, bombardeados por navios russos no Mediterrâneo.

O vice-almirante Alexander Moiseyev, comandante da frota russa no Mar Negro, com sua base militar em Sebastopol (Crimeia), informou que suas tropas seriam reforçadas com seis novos navios durante 2018.

Putin esteve presente neste domingo em um desfile da Marinha nas águas do Neva em São Petersburgo, oeste da Rússia, em que participaram 39 embarcações.

FONTE: Jornal do Brasil

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas