Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Brasil comemora 20 anos do fim do conflito entre Peru e Equador

O Brasil irá comemorar nesta terça-feira os 20 anos do fim dos conflitos na fronteira entre Peru e Equador, que se prolongaram por quase 170 anos e que causaram várias guerras, tensões e enfrentamentos entre ambos os países.
EFE

Brasília - O Acordo Global e Definitivo de Paz entre Equador e Peru foi assinado em 26 de outubro de 1998 em Brasília, que voltará a ser palco de um encontro entre representantes dessas duas nações, mas agora para reafirmar "o valor e a eficácia da diplomacia e da solução pacífica de controvérsias", diz o comunicado do Ministério das Relações Exteriores.

A cerimônia contará com a participação do equatoriano José Ayala Lasso e do peruano Fernando de Trazegnies Granda, que eram os chanceleres de seus países na ocasião da assinatura e tiveram participação ativa nas negociações, e será presidido pelo ministro das Relações Exteriores Aloysio Nunes.

Segundo a nota oficial, a comemoração "também evidencia, uma vez mais, a capacidade regional de responder e…

Rússia reforçará sua Marinha com 26 novos navios de guerra

A Rússia fortalecerá sua frota militar este ano com 26 novos navios, quatro deles equipados com mísseis de cruzeiro Kalibr, anunciou neste domingo (29) o presidente russo, Vladimir Putin.


Poder Naval

“No total, em 2018, a Marinha vai ter 26 novos navios de guerra, quatro deles equipados com mísseis Kalibr”, declarou Putin, citado pela agência de notícias Interfax, durante uma visita a São Petersburgo, no âmbito do Dia da Marinha.

Navios russos em Parada Naval
Navios de guerra russos na Parada Naval

Putin recordou que a frota russa já incorporou oito navios no ano passado.

Com um alcance de 1.900 km, os mísseis Kalibr são o equivalente russo dos Tomahawk americanos. Durante os últimos anos, eles foram usados repetidamente contra grupos rebeldes e jihadistas na Síria, bombardeados por navios russos no Mediterrâneo.

O vice-almirante Alexander Moiseyev, comandante da frota russa no Mar Negro, com sua base militar em Sebastopol (Crimeia), informou que suas tropas seriam reforçadas com seis novos navios durante 2018.

Putin esteve presente neste domingo em um desfile da Marinha nas águas do Neva em São Petersburgo, oeste da Rússia, em que participaram 39 embarcações.

FONTE: Jornal do Brasil

Postar um comentário

Postagens mais visitadas