Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Donetsk declara estar em prontidão de combate para se defender de suposta ofensiva de Kiev

Os destacamentos da autoproclamada República Popular de Donetsk (RPD) estão em prontidão de combate total e completamente equipados com todo o necessário para o caso de haver uma possível ofensiva das Forças Armadas da Ucrânia em Donbass, declarou aos jornalistas o vice-comandante da Milícia Popular da RPD, Eduard Basurin.
Sputnik

Anteriormente, Donetsk denunciou a preparação de um grande ataque por parte de Kiev no sul da região de Donetsk com uso de veículos blindados pesados, artilharia e lançadores múltiplos de foguetes.


Segundo dados da inteligência, a ofensiva foi programada para 14 de dezembro com o objetivo final de tomar sob controle a fronteira com a Rússia. O líder da RPD, Denis Pushilin, declarou por sua vez que as forças de Donetsk estavam prontas para repelir o ataque.

"Todas as unidades militares foram colocadas em prontidão de combate total. Desde o momento em que recebemos informação sobre a preparação de uma ofensiva em grande escala do lado ucraniano, os nossos des…

Rússia testa com êxito novo míssil do sistema de defesa antiaérea

No Cazaquistão foram levados a cabo lançamentos bem sucedidos do novíssimo míssil de intercepção do sistema russo de defesa antiaérea, comunicou o jornal das Forças Armadas russas, Krasnaya Zvezda.


Sputnik

"No polígono de Sary Shagan, as tropas da Força Aeroespacial russa efetuaram com êxito mais um lançamento do novo míssil modernizado do sistema de defesa antiaérea russo", se lê no comunicado.

Teste de um míssil (foto de arquivo)
© Foto : Ministry of Defence of the Russian Federation

"O novo míssil de intercepção […] cumpriu a tarefa, ao atingir um alvo convencional no tempo estabelecido", assinalou o vice-comandante de uma unidade de defesa antiaérea e antimísseis da Força Aeroespacial russa, major-general Andrei Prikhodko.

De acordo com a matéria, a arma modernizada é capaz de voar à velocidade de aproximadamente 4km/sec. (14.400 Km/h). Além disso, os militares destacaram que se tratou de uns dos testes mais "complexos" e que os mísseis desta classe não possuem análogos no mundo.

Segundo o jornal, em condições de combate reais, os mísseis adversários serão completamente destruídos à altitude e distância máximas da instalação a proteger.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas