Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA: sanções contra Venezuela servem como 'alerta para atores externos, incluindo Rússia'

Na última terça-feira (17), o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, culpou a Rússia e a Venezuela pela crise de refugiados observada no país latino-americano.
Sputnik

O conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, John Bolton, anunciou nesta quarta-feira (17) que os EUA estão impondo uma nova rodada de sanções contra a Venezuela, acrescentando o banco central do país à lista de restrições. 

Segundo o conselheiro de Segurança Nacional, as sanções recém-aplicadas deveriam se tornar um alerta para "todos os atores externos, inclusive a Rússia".

Desde o início da crise política na Venezuela no início deste ano, os EUA impuseram várias rodadas de sanções, visando os setores petrolífero e bancário do país, bem como indivíduos ligados às autoridades do país.

A Venezuela está sofrendo grave crise política desde janeiro. Junto com outros países ocidentais, os EUA apoiam Juan Guaidó, que se proclamou presidente interino da Venezuela. Ao mesmo tempo, Rússia, China e Turquia, entre outros…

S-400: China recebe primeiro lote de sistemas de mísseis de defesa aérea (VIDEO)

A China recebeu o primeiro lote de sistemas de mísseis S-400 Triumf, fabricados na Rússia, informou uma fonte diplomática à TASS no dia 26 de julho.


Forças Terrestres

MOSCOU – “Na semana passada, um certificado de aceitação foi assinado para o primeiro lote de sistemas S-400 que foram entregues pela Rússia por via marítima em maio de 2018. Os sistemas passaram para a propriedade da China assim que os documentos foram assinados”, disse a fonte.


O Serviço Federal para a Cooperação Técnica Militar da Rússia absteve-se de comentar essas informações.

Reportagens sobre a assinatura do contrato de vendas de sistemas S-400 pela Rússia para a China ocorreram em novembro de 2014. Em novembro de 2015, o assessor do presidente russo para cooperação técnica militar, Vladimir Kozhin, confirmou essas reportagens. A China tornou-se o primeiro comprador estrangeiro desses sistemas e receberá dois lotes.

O S-400 Triumph da Rússia (nome de relatório da OTAN: SA-21 Growler) é o mais recente sistema de mísseis antiaéreos de longo alcance que entrou em serviço em 2007. Foi projetado para destruir aeronaves, mísseis de cruzeiro e balísticos, incluindo mísseis de médio alcance e alvos de superfície.

O sistema pode atingir alvos aerodinâmicos a uma distância de até 400 quilômetros e alvos balísticos táticos voando a uma velocidade de 4,8 km/s a ​​uma distância de até 60 km. Tais alvos incluem mísseis de cruzeiro, aeronaves táticas e estratégicas e ogivas de mísseis balísticos.

Os radares do sistema detectam alvos aéreos a uma distância de até 600 quilômetros (373 milhas). Os mísseis superfície-ar 48N6E3 do sistema podem atingir alvos aerodinâmicos em altitudes de 10 a 27.000 metros e ameaças balísticas em altitudes de 2.000 a 25.000 metros.

FONTE: TASS


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas