Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Israel prende o governador palestino de Jerusalém

Motivo da detenção foram crimes cometidos na Cisjordânia ocupada, segundo a Organização para a Libertação da Palestina.
France Presse

Israel prendeu o governador palestino de Jerusalém por crimes que teria cometido na Cisjordânia ocupada, que não foram especificados, informou a Organização para a Libertação da Palestina (OLP).

O governador Adnan Gheith foi detido no sábado (20) à noite no bairro palestino de Beit Hanina, em Jerusalém Oriental, ocupada e anexada por Israel. Será apresentado a um tribunal dentro de quatro dias, afirma a OLP em um comunicado.

Para o dirigente da OLP Saeb Erakat, a detenção é "um novo passo contra a presença palestina em Jerusalém" e constitui uma violação da legislação israelense a respeito das instituições palestinas da cidade.

"As ameaças contra dirigentes palestinos, sua detenção, inclusive o 'sequestro' do governador Gheith, são parte de um plano que pretende sufocar todas as bases de uma solução política com dois Estados e com as f…

Tanque israelense ataca posições do Hamas em Gaza após violação da fronteira

O incidente aconteceu após as Forças de Defesa de Israel (FDI) e o movimento Hamas terem anunciado na sexta-feira (20) um cessar-fogo depois de uma série de confrontos na fronteira da Faixa de Gaza.


Sputnik

Segundo o porta-voz das FDI, um tanque israelense atingiu um posto avançado do grupo Hamas devido a uma suposta violação da fronteira por alguns homens.

Um tanque israelita Merkava na Faixa de Gaza durante os exércitos perto da fronteira de Israel em 3 de agosto de 2014
Tanque israelense Merkava na Faixa de Gaza © AFP 2018 / JACK GUEZ

Um grupo de suspeitos penetrou em Israel desde a parte norte da Faixa de Gaza e depois regressou […] Em resposta, um tanque das Forças de Defesa de Israel disparou contra um posto avançado do Hamas", diz o comunicado do exército israelense.

Anteriormente, The Jerusalem Post relatou que Israel e o Hamas acordaram um cessar-fogo na Faixa de Gaza após um dia de confrontos na zona fronteiriça, tendo as forças israelenses atacado mais de 40 alvos militares do Hamas.

A nova escalada do conflito foi causada pela morte de um soldado israelense que havia sido atingido a tiros por militantes mais cedo nesta semana.

Ontem à noite, as forças israelenses atacaram quase 70 instalações do grupo Hamas na Faixa de Gaza. O movimento, ao contrário de confrontos anteriores, lançou apenas três foguetes contra o sul de Israel. Os ataques de Israel causaram a morte de ao menos três militantes do Hamas.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas