Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Rússia testará novo avião de transporte militar até o final do ano

Il-112V deverá substituir modelos soviéticos An-24 e An-26, considerados obsoletos.
Nikolai Litôvkin | Russia Beyond

A nova aeronave de transporte militar Il-112V completou os testes de fábrica e está sendo preparada para o primeiro voo, que está previsto para o final de 2018.


Caso os testes sejam bem sucedidos, o Il-112V substituirá nas Forças Armadas russas os modelos An-24 e An-26, desenvolvidos no início dos anos 1960.

O Ilyushin Il-112 é um avião de transporte militar leve de asa alta que está sendo desenvolvido pela Ilyushin Aviation Complex para transporte de cargas militares, equipamentos e pessoal.

Sua capacidade de carga máxima "útil" a bordo será de até cinco toneladas.

Os projetistas pretendem desenvolver duas versões do avião: uma com hangares estendidos para o transporte de equipamentos militares, carga e soldados; e outra, civil, para o transporte de passageiros e carga leve.

O Il-112V é um monoplano com configuração aerodinâmica tradicional e dois poderosos motores…

Trump diz que está disposto a se encontrar com o presidente do Irã

Rohani e Trump trocaram ameaças na semana passada. Relação entre os dois países está tensa desde que os EUA deixaram acordo nuclear.


Por G1

O presidente americano, Donald Trump, afirmou nesta segunda-feira (30) que está disposto a se encontrar com o presidente do Irã, Hassan Rohani, sem condições pré-determinadas.

Montagem com as fotos do presidente dos EUA, Donald Trump, e o do Irã, Hassan Rohani  (Foto: Mary F. Calvert/Peter Klaunzer/Reuters)
Montagem com as fotos do presidente dos EUA, Donald Trump, e o do Irã, Hassan Rohani (Foto: Mary F. Calvert/Peter Klaunzer/Reuters)

"Eu me reuniria com qualquer pessoa. Acredito em reuniões", afirmou Trump ao ser questionado por um repórter sobre se estaria disposto a se reunir com Rohani. O presidente americano participou de uma coletiva de imprensa na Casa Branca ao lado do premiê italiano, Giuseppe Conte.

"Eu certamente me reuniria com o Irã se eles quisessem se reunir", disse.

Na semana passada, Trump e Rohani trocaram ameaças. O líder iraniano advertiu Washington a "não brincar com fogo", o que poderia causar a 'mãe de todas as guerras', e, em resposta, Trump tuitou: "Nunca mais volte a ameaçar os Estados Unidos ou sofrerá consequências como as que poucos sofreram antes na história".

Relações tensas

Em maio, Trump retirou os Estados Unidos do acordo nuclear multilateral de 2015, firmado pelo seu antecessor, Barack Obama, em uma das mais contundentes decisões de sua política externa desde o início do seu mandato. O acordo previa que o Irã se comprometeria a limitar suas atividades nucleares em troca do alívio em sanções internacionais.

O presidente americano, que acusou o Irã de ser "o principal Estado patrocinador do terrorismo", afirmou que o país trapaceava o acordo para desenvolver seu programa nuclear e voltou a impor sanções a Teerã.

As novas sanções, que entrarão em vigor em agosto, tentam atingir os programas de mísseis balísticos e influência regional do Irã - ameaçando prejudicar ainda mais a já maltratada economia iraniana.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas