Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Donetsk declara estar em prontidão de combate para se defender de suposta ofensiva de Kiev

Os destacamentos da autoproclamada República Popular de Donetsk (RPD) estão em prontidão de combate total e completamente equipados com todo o necessário para o caso de haver uma possível ofensiva das Forças Armadas da Ucrânia em Donbass, declarou aos jornalistas o vice-comandante da Milícia Popular da RPD, Eduard Basurin.
Sputnik

Anteriormente, Donetsk denunciou a preparação de um grande ataque por parte de Kiev no sul da região de Donetsk com uso de veículos blindados pesados, artilharia e lançadores múltiplos de foguetes.


Segundo dados da inteligência, a ofensiva foi programada para 14 de dezembro com o objetivo final de tomar sob controle a fronteira com a Rússia. O líder da RPD, Denis Pushilin, declarou por sua vez que as forças de Donetsk estavam prontas para repelir o ataque.

"Todas as unidades militares foram colocadas em prontidão de combate total. Desde o momento em que recebemos informação sobre a preparação de uma ofensiva em grande escala do lado ucraniano, os nossos des…

Turquia não considera Patriot como alternativa ao S-400, diz parlamentar turco

Washington está negociando com Ancara quanto à possibilidade de fornecimento dos sistemas de defesa antiaérea norte-americanos Patriot no lugar dos S-400 russos, escreveu a revista turca Sabah, citando a assessora do Secretário de Estado dos EUA em questões políticas, Tina Kaidanow.


Sputnik

Kaidanow relevou que o Departamento do Estado está negociando com a Turquia para "tentar dar a entender aos turcos o que se pode fazer em relação aos Patriot".

Sistemas de defesa antimíssil S-400 russos na Crimeia
S-400 Triumph russos © Sputnik / Sergei Malgavko

"Estamos preocupados que a compra dos sistemas russos de defesa antiaérea seja uma espécie de apoio para a Rússia que, pelo que vimos, não se comporta bem em várias partes do mundo, inclusive na Europa", afirmou a assessora, citada pela edição turca.

Um representante do Ministério das Relações Exteriores turco, que pediu anonimato, comentou à Sputnik Turquia sobre a situação quanto às compras dos S-400 por Ancara, bem como quanto ao diálogo com os EUA.

"A nossa postura em relação aos S-400 foi reiterada por diversas vezes e é bem conhecida. Ao longo dos 10 anos, estudávamos e escolhíamos os melhores sistemas de defesa antiaérea para nós. Abordamos esta questão com os EUA, mas tivemos nosso pedido negado. Em vez disso, a Rússia teve uma proposta interessante sobre os S-400", recordou o representante, adicionando que Ancara está simultaneamente efetuando conversações sobre a compra dos Patriot norte-americanos.

O membro do Comitê de Assuntos Parlamentares da Turquia e presidente do grupo turco da Assembleia Parlamentar na OTAN, Berat Conkar, também expressou sua visão quanto à aquisição de sistemas S-400, bem como à declaração de Kaidanow sobre o Patriot.

"Apesar das nossas múltiplas reafirmações sobre a postura inabalável de Ancara em relação aos S-400, o lado norte-americana continua debatendo a questão […] A compra dos S-400 foi resolvida, já tínhamos explicado a situação a nossos parceiros da OTAN e dos EUA", apontou Conkar, reafirmando que Ancara visa proteger sua segurança nacional com a compra.

"Enquanto isso, os representantes dos EUA tratam do assunto de forma mais egoísta, ao encararem a questão somente de seu ponto se vista, e a declaração de Kaidanow completamente se encaixa neste quadro", acrescentou.

O político enfatizou que Ancara deve primeiramente pensar na segurança e nos interesses da Turquia, e disse estar esperando que essa postura seja aceita por seus aliados.

Ao comentar sobre a compra dos S-400 e os Patriot, Conkar indicou que são questões separadas, e não têm relações uma com a outra.

"A compra dos sistemas de defesa antiaérea S-400 não significa que não vamos comprar os Patriot […] A Turquia está pronta para analisar a possibilidade de adquirir os sistemas Patriot na qualidade de um suplemento ao S-400, mas este é um projeto completamente diferente […] As negociações sobre a questão estão em curso, mas não consideramos como alternativa para o outro", assinalou.

Ao comentar sobre prováveis sanções que a Turquia pode enfrentar no caso da compra dos S-400, Conkar expressou ceticismo sobre a introdução das medidas.
Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas