Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Águas 'quentes' da Síria: fragata russa persegue submarino nuclear dos EUA

Durante sua última missão no mar Mediterrâneo em abril passado, a fragata Admiral Essen da Marinha russa conseguiu detectar e perseguir um submarino nuclear dos EUA perto da costa síria. Essa informação foi só agora tornada pública.
Sputnik

A fragata Admiral Essen, pertencente à Frota do Mar Negro, perseguiu o submarino estadunidense da classe Ohio durante mais de duas horas, comunica o jornal russo Izvestiya, citando o Estado-Maior da Marinha russa.

A tripulação do navio russo registrou os parâmetros principais do submarino para, em seguida, os adicionar ao retrato acústico do submersível.

A fragata havia partido para o mar Mediterrâneo em março e regressou à base de Sevastopol no fim de junho. Encontrava-se na zona costeira síria quando os EUA, o Reino Unido e a França atacaram a Síria com mísseis.

Além disso, no decurso da missão, a sua tripulação realizou uma série de manobras táticas. Em particular, treinou ataques contra alvos marítimos e aéreos, combate em grupo e isolado, bem como…

Turquia não considera Patriot como alternativa ao S-400, diz parlamentar turco

Washington está negociando com Ancara quanto à possibilidade de fornecimento dos sistemas de defesa antiaérea norte-americanos Patriot no lugar dos S-400 russos, escreveu a revista turca Sabah, citando a assessora do Secretário de Estado dos EUA em questões políticas, Tina Kaidanow.


Sputnik

Kaidanow relevou que o Departamento do Estado está negociando com a Turquia para "tentar dar a entender aos turcos o que se pode fazer em relação aos Patriot".

Sistemas de defesa antimíssil S-400 russos na Crimeia
S-400 Triumph russos © Sputnik / Sergei Malgavko

"Estamos preocupados que a compra dos sistemas russos de defesa antiaérea seja uma espécie de apoio para a Rússia que, pelo que vimos, não se comporta bem em várias partes do mundo, inclusive na Europa", afirmou a assessora, citada pela edição turca.

Um representante do Ministério das Relações Exteriores turco, que pediu anonimato, comentou à Sputnik Turquia sobre a situação quanto às compras dos S-400 por Ancara, bem como quanto ao diálogo com os EUA.

"A nossa postura em relação aos S-400 foi reiterada por diversas vezes e é bem conhecida. Ao longo dos 10 anos, estudávamos e escolhíamos os melhores sistemas de defesa antiaérea para nós. Abordamos esta questão com os EUA, mas tivemos nosso pedido negado. Em vez disso, a Rússia teve uma proposta interessante sobre os S-400", recordou o representante, adicionando que Ancara está simultaneamente efetuando conversações sobre a compra dos Patriot norte-americanos.

O membro do Comitê de Assuntos Parlamentares da Turquia e presidente do grupo turco da Assembleia Parlamentar na OTAN, Berat Conkar, também expressou sua visão quanto à aquisição de sistemas S-400, bem como à declaração de Kaidanow sobre o Patriot.

"Apesar das nossas múltiplas reafirmações sobre a postura inabalável de Ancara em relação aos S-400, o lado norte-americana continua debatendo a questão […] A compra dos S-400 foi resolvida, já tínhamos explicado a situação a nossos parceiros da OTAN e dos EUA", apontou Conkar, reafirmando que Ancara visa proteger sua segurança nacional com a compra.

"Enquanto isso, os representantes dos EUA tratam do assunto de forma mais egoísta, ao encararem a questão somente de seu ponto se vista, e a declaração de Kaidanow completamente se encaixa neste quadro", acrescentou.

O político enfatizou que Ancara deve primeiramente pensar na segurança e nos interesses da Turquia, e disse estar esperando que essa postura seja aceita por seus aliados.

Ao comentar sobre a compra dos S-400 e os Patriot, Conkar indicou que são questões separadas, e não têm relações uma com a outra.

"A compra dos sistemas de defesa antiaérea S-400 não significa que não vamos comprar os Patriot […] A Turquia está pronta para analisar a possibilidade de adquirir os sistemas Patriot na qualidade de um suplemento ao S-400, mas este é um projeto completamente diferente […] As negociações sobre a questão estão em curso, mas não consideramos como alternativa para o outro", assinalou.

Ao comentar sobre prováveis sanções que a Turquia pode enfrentar no caso da compra dos S-400, Conkar expressou ceticismo sobre a introdução das medidas.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas