Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Vídeo mostra momento do encontro do submarino argentino Ara San Juan

Profissionais que operavam um dos veículos submarinos foram os primeiros a ver em tela as imagens da embarcação, que estava desaparecida desde 15 de novembro do ano passado. Submarino foi localizado a 907 metros de profundidade.
Por G1

Um vídeo divulgado neste domingo (18) mostra as primeiras imagens do submarino Ara San Juan, no momento em que profissionais da empresa Ocean Infinity o localizaram. O encontro foi anunciado pela Marinha da Argentina na madrugada de sábado.


No vídeo é possível ver quando a equipe que opera um dos veículos que fazia as buscas vê a embarcação pela primeira vez em uma região de cânions (espécie de rios submarinos), a 907 metros de profundidade, e a 600 km da cidade de Comodoro Rivadavia.

O Ara San Juan desapareceu em 15 de novembro de 2017, com 44 pessoas a bordo, e sofreu uma "implosão" no fundo das águas do Oceano Atlântico.

Segundo Enrique Balbi, porta-voz da Marinha, a proa, a popa e a vela se desprenderam do submarino e estão localizadas em uma á…

Vitória em Idlib acabará com guerra na Síria, diz fonte de alto escalão no exército

Uma fonte militar de alto escalão no exército da Síria contou à Sputnik que em breve no país, que tem sido palco de uma violenta guerra civil, ocorrerão eventos que "surpreenderão todos".


Sputnik

De acordo com a fonte, a chefia do exército sírio ordenou a liberação total do território do país dos terroristas. 

Soldados do Exército sírio (foto de arquivo)
Militares sírios © Sputnik / Mikhail Voskresenskiy

"No momento, o exército possui forças suficientes para libertar a província de Idlib. Isso será o evento-chave para acabar com a guerra de oito anos no país. Nos próximos dias ocorrerão eventos que surpreenderão todos. Os próprios terroristas assinaram sua pena de morte", afirmou a fonte, citada pela Sputnik Árabe.

A fonte adicionou que as unidades do exército sírio na zona fronteiriça com a província de Idlib vêm rechaçando com êxito todos os ataques dos radicais.

"Os postos do exército possuem um alto nível de prontidão de combate e estão prontos para quaisquer ações, quer seja a defesa das posições, quer seja a ofensiva", explicou a fonte militar.

As forças terroristas na província de Idlib se encontram enfraquecidas por conflitos internos. Ao longo dos últimos oito meses, em resultado de vários confrontos entre grupos de combatentes, quase oito mil radicais foram mortos. Em sua maior parte, são integrantes dos grupos Tahrir al-Sham e Jabhat Fateh al-Sham.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas