Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil simula resgate de civis em área de conflito ou desastre natural (VÍDEO)

A Marinha do Brasil realizou entre os dias 6 e 14 de novembro a Operação Atlântico, na praia de Itaoca, no Espírito Santo. A simulação deste ano treinou os oficiais para casos em que houvesse resgate de civis em uma área de conflito armado ou que foram alvos de desastres naturais.
Sputnik

Era por volta de 5h40 do dia 10 de novembro, um sábado, ainda estava amanhecendo, quando o Almirante Paulo Martinho Zucaro, Comandante da Força de Fuzileiros da Esquadra, olhou e disse para a reportagem da Sputnik Brasil: "É guerra".


A declaração foi dada para explicar os motivos de se realizar um treinamento deste porte mesmo em condições extremamente desfavoráveis. A chuva era forte, as ondas na beira da praia atingiam 1,5 metros e os ventos chegaram a 20 km/h. O nível de dificuldade preocupava o alto comando, mas não foi um problema para os fuzileiros e marinheiros.

Antes do amanhecer, sete Carros Lagarta Anfíbios (CLAnf) chegaram à praia e deram início ao desembarque. Após eles chegarem foi…

China lançou ao mar 50 corvetas em 6 anos

A China ultrapassou a marca de 50 cascos na água em agosto, da corveta Type 056 de 1.500 toneladas.


Poder Naval

No início foram encomendados 42 navios e agora já são 64 unidades planejadas. A corveta, feita sob medida para a China, é um navio que tenta conciliar as necessidades operacionais para proteger suas costas e defender seus interesses marítimos, a um baixo custo operacional.

Type 056
Type 056

Em um ritmo constante, foram lançados mais de 8 cascos por ano em média, por quatro estaleiros chineses que participaram no programa, desde que o navio líder foi lançado em 23 de maio de 2012.

Admitindo que os estaleiros navais chineses mantenham o mesmo ritmo, o total encomendado de Type 056 deve terminar no final de 2019.

O preço unitário de cada navio é estimado entre 85 e 90 milhões de euros, dependendo da versão.

As Type 056 deslocam 1.500 toneladas carregadas, têm um comprimento de 90m e boca de 11m. São propulsadas por dois motores diesel SEMT Pielstick PA6-STC e podem atingir uma velocidade máxima de 25 nós, com um alcance de 6.482 km (3.500 milhas náuticas) a 16 nós. A autonomia é de 15 dias e servem basicamente para missões de patrulha dentro do limite de 200 milhas do mar territorial.

São equipados com um lançador de mísseis antiaéreos de oito células FL-3000N de curto alcance, quatro lançadores de mísseis superfície-superfície YJ-83, um canhão de 76 mm AK-176 como arma principal, e dois canhões de 30mm.

Desde 1º de janeiro de 2018, a indústria naval chinesa já lançou nada menos que 19 novos navios de superfície para a Marinha Chinesa, 3 a mais do que no ano passado.

Estes 19 navios deste ano representam apenas cerca de 57% em termos do deslocamento dos 16 navios lançados em 2017, porque entre os navios estavam um porta-aviões, um navio-tanque de mais de 40.000 toneladas e um navio de desembarque de mais de 20.000 toneladas, enquanto este ano, além dos 3 destróieres Type 055 de 12.000 toneladas, o outros são navios de tamanho menor, como as 8 Type 056.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas