Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

China lançou ao mar 50 corvetas em 6 anos

A China ultrapassou a marca de 50 cascos na água em agosto, da corveta Type 056 de 1.500 toneladas.


Poder Naval

No início foram encomendados 42 navios e agora já são 64 unidades planejadas. A corveta, feita sob medida para a China, é um navio que tenta conciliar as necessidades operacionais para proteger suas costas e defender seus interesses marítimos, a um baixo custo operacional.

Type 056
Type 056

Em um ritmo constante, foram lançados mais de 8 cascos por ano em média, por quatro estaleiros chineses que participaram no programa, desde que o navio líder foi lançado em 23 de maio de 2012.

Admitindo que os estaleiros navais chineses mantenham o mesmo ritmo, o total encomendado de Type 056 deve terminar no final de 2019.

O preço unitário de cada navio é estimado entre 85 e 90 milhões de euros, dependendo da versão.

As Type 056 deslocam 1.500 toneladas carregadas, têm um comprimento de 90m e boca de 11m. São propulsadas por dois motores diesel SEMT Pielstick PA6-STC e podem atingir uma velocidade máxima de 25 nós, com um alcance de 6.482 km (3.500 milhas náuticas) a 16 nós. A autonomia é de 15 dias e servem basicamente para missões de patrulha dentro do limite de 200 milhas do mar territorial.

São equipados com um lançador de mísseis antiaéreos de oito células FL-3000N de curto alcance, quatro lançadores de mísseis superfície-superfície YJ-83, um canhão de 76 mm AK-176 como arma principal, e dois canhões de 30mm.

Desde 1º de janeiro de 2018, a indústria naval chinesa já lançou nada menos que 19 novos navios de superfície para a Marinha Chinesa, 3 a mais do que no ano passado.

Estes 19 navios deste ano representam apenas cerca de 57% em termos do deslocamento dos 16 navios lançados em 2017, porque entre os navios estavam um porta-aviões, um navio-tanque de mais de 40.000 toneladas e um navio de desembarque de mais de 20.000 toneladas, enquanto este ano, além dos 3 destróieres Type 055 de 12.000 toneladas, o outros são navios de tamanho menor, como as 8 Type 056.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas