Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha da Argentina fala sobre localização do submarino ARA San Juan

Embarcação desaparecida há 1 ano foi localizada neste sábado a 907 metros de profundidade. Ainda não há previsão de início dos trabalhos de resgate. 'Não temos meios para resgatar o submarino', diz ministro.
Por G1

A Marinha da Argentina informou neste sábado (17) que o submarino ARA San Juan, que sumiu há 1 ano com 44 tripulantes, foi encontrado a 907 metros de profundidade em uma área de "visibilidade bastante reduzida", e que a embarcação sofreu uma "implosão" no fundo das águas do Oceano Atlântico.

Segundo Enrique Balbi, porta-voz da Marinha, a proa, a popa e a vela se desprenderam do submarino e estão localizadas em uma área de 80 a 100 metros. “Isso sugere que a implosão tenha ocorrido muito perto do fundo”, disse.

Segundo a Marinha, as imagens mostram que o casco do submarino permaneceu bastante intacto, apenas com algumas deformações, e que todas as outras partes se desprenderam. A implosão teria ocorrido em razão da pressão externa do mar ter superado …

Dezenas de mortes no Iemen causadas pelos ataques aéreos da sauditas

Cerca de 27 crianças iemenitas e quatro mulheres foram mortas em um ataque da coalizão liderada pelos sauditas na cidade de Al-Darihami, na província de Al-Hudaidah.


Pars Today

De acordo com a rede de TV Al-Massira, os combatentes sauditas tiveram como alvo crianças e mulheres deslocadas em uma vila nas proximidades de Al-Darihami.

Dezenas de mortes no Iemen causadas pelos ataques aéreos da  sauditas

As vítimas fugiram dos ataques da coalizão liderada pela Arábia Saudita contra a Al-Hudaidah quando foram atacados pelos combatentes em seu caminho.

Em março de 2015, a Arábia Saudita e alguns de seus aliados árabes lançaram uma agressão militar em larga escala contra o empobrecido país árabe em uma tentativa de trazer de volta ao poder o presidente iemenita Abdrabbuh Mansour Hadi.

Até agora 14.000 pessoas inocentes do Iêmen foram mortas e o país foi transformado em ruínas como resultado da agressão da Arábia Saudita.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas