Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

China desenvolve 2 novos bombardeiros furtivos ao mesmo tempo, diz inteligência americana

A Força Aérea da China, que já tem dois caças furtivos, está trabalhando em dois novos projetos de aviões furtivos de médio e longo alcance, informou um relatório da inteligência militar dos EUA.
Sputnik

Os fabricantes de aviões chineses estão envolvidos em dois projetos de bombardeiros furtivos ao mesmo tempo, informou a edição Aviation Week, citando um relatório da Agência de Inteligência do Departamento de Defesa dos EUA.


A existência de um desses projetos, H-20 ou H-X, foi confirmada pela Força Aérea Chinesa em 2017. Entretanto, não foi divulgada nenhuma informação confiável sobre o segundo projeto.

De acordo com o Pentágono, o segundo projeto, designado JH-XX, envolve o desenvolvimento de um caça-bombardeiro de médio alcance. O avião será equipado com radar AESA, mísseis ar-ar e mísseis ar-terra. Os especialistas em inteligência militar estadunidense acreditam que essa aeronave entrará em serviço da Força Aérea chinesa não antes de 2025.

No desenvolvimento desses novos aviões de comba…

EUA ameaçam Turquia com mais sanções se pastor não for libertado

'Temos mais do que estamos planejando fazer se eles não o libertarem rapidamente', disse secretário do Tesouro norte-americano.


Por G1

O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, disse nesta quinta-feira (16) que os Estados Unidos estão prontos para impor mais sanções à Turquia caso o pastor Andrew Brunson, acusado de terrorismo, não seja libertado.

Resultado de imagem para Steven Mnuchin
Steven Mnuchin | AP Photo/Manuel Balce Ceneta

"Temos mais do que estamos planejando fazer se eles não o libertarem rapidamente", disse Mnuchin, durante reunião do gabinete do presidente Donald Trump, informou a agência de notícias Reuters. A declaração foi feita após os EUA descartarem retirar as tarifas sobre o aço importado da Turquia.

secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, disse nesta quinta-feira (16) que os Estados Unidos estão prontos para impor mais sanções à Turquia caso o pastor Andrew Brunson, acusado de terrorismo, não seja libertado.

"Temos mais do que estamos planejando fazer se eles não o libertarem rapidamente", disse Mnuchin, durante reunião do gabinete do presidente Donald Trump, informou a agência de notícias Reuters. A declaração foi feita após os EUA descartarem retirar as tarifas sobre o aço importado da Turquia.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas