Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Militares juntam-se à polícia em protesto dos "coletes amarelos". Há 31 detidos

Os militares da operação antiterrorista "Sentinela" foram mobilizados para proteger as principais instituições francesas. Ao final da manhã, os coletes amarelos eram ainda em pequeno número na capital e quase invisíveis entre a população.
Diário de Notícias

As forças armadas francesas juntaram-se à polícia, este sábado, em Paris, para enfrentar o 19º fim de semana consecutivo de protestos dos coletes amarelos contra o governo do presidente Emmanuel Macron. Ao final da manhã, com os locais habituais de manifestação interditos e o reforço militar junto às principais instituições francesas, os "coletes amarelos" passavam quase despercebidos entre turistas e parisienses.

Segundo a Reuters, o governo francês decidiu mobilizar os militares da operação antiterrorista "Sentinela", depois de ter proibido os manifestantes de se reunirem nos Campos Elísios, onde no último fim de semana dezenas de lojas foram destruídas e algumas completamente pilhadas.

Além da presença …

F-22 e F-35 'se enfrentam' na Noruega por causa da Rússia (VÍDEO)

Os caças F-22 Raptor e F-35 Lightning II de quinta geração simularam uma luta no céu da Noruega.


Sputnik

O piloto do F-35 Lightning II classificou o F-22 Raptor como um oponente muito formidável, mas se recusou a dizer quem venceu a batalha aérea, relata a Reuters.


Resultado de imagem para f-22 vs f-35
F-35 Lightining II voando com os F-22 Raptor | Reprodução

A batalha envolveu dois caças norte-americanos F-22 Raptor e dois F-35 Lightning II noruegueses. A implantação do F-22 Raptor na Europa pelos militares dos EUA é explicada pelas alegadas ameaças crescentes da Rússia. No total, a Noruega deve receber 52 aeronaves F-35 Lightning II. Além disso, 13 caças F-22 Raptor serão enviados para a Europa como apoio aos EUA.

O F-22 Raptor é o primeiro caça de quinta geração no mundo. Devido ao alto custo da aeronave, cerca de US$ 400 milhões (R$ 1,5 bilhão), os EUA decidiram criar o F-35 Lightning II no valor de US$ 100 milhões (R$ 390,6 milhões). O principal desenvolvedor e fabricante dessas aeronaves é a corporação norte-americana Lockheed Martin.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas