Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

China desenvolve 2 novos bombardeiros furtivos ao mesmo tempo, diz inteligência americana

A Força Aérea da China, que já tem dois caças furtivos, está trabalhando em dois novos projetos de aviões furtivos de médio e longo alcance, informou um relatório da inteligência militar dos EUA.
Sputnik

Os fabricantes de aviões chineses estão envolvidos em dois projetos de bombardeiros furtivos ao mesmo tempo, informou a edição Aviation Week, citando um relatório da Agência de Inteligência do Departamento de Defesa dos EUA.


A existência de um desses projetos, H-20 ou H-X, foi confirmada pela Força Aérea Chinesa em 2017. Entretanto, não foi divulgada nenhuma informação confiável sobre o segundo projeto.

De acordo com o Pentágono, o segundo projeto, designado JH-XX, envolve o desenvolvimento de um caça-bombardeiro de médio alcance. O avião será equipado com radar AESA, mísseis ar-ar e mísseis ar-terra. Os especialistas em inteligência militar estadunidense acreditam que essa aeronave entrará em serviço da Força Aérea chinesa não antes de 2025.

No desenvolvimento desses novos aviões de comba…

F-22 e F-35 'se enfrentam' na Noruega por causa da Rússia (VÍDEO)

Os caças F-22 Raptor e F-35 Lightning II de quinta geração simularam uma luta no céu da Noruega.


Sputnik

O piloto do F-35 Lightning II classificou o F-22 Raptor como um oponente muito formidável, mas se recusou a dizer quem venceu a batalha aérea, relata a Reuters.


Resultado de imagem para f-22 vs f-35
F-35 Lightining II voando com os F-22 Raptor | Reprodução

A batalha envolveu dois caças norte-americanos F-22 Raptor e dois F-35 Lightning II noruegueses. A implantação do F-22 Raptor na Europa pelos militares dos EUA é explicada pelas alegadas ameaças crescentes da Rússia. No total, a Noruega deve receber 52 aeronaves F-35 Lightning II. Além disso, 13 caças F-22 Raptor serão enviados para a Europa como apoio aos EUA.

O F-22 Raptor é o primeiro caça de quinta geração no mundo. Devido ao alto custo da aeronave, cerca de US$ 400 milhões (R$ 1,5 bilhão), os EUA decidiram criar o F-35 Lightning II no valor de US$ 100 milhões (R$ 390,6 milhões). O principal desenvolvedor e fabricante dessas aeronaves é a corporação norte-americana Lockheed Martin.


Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas