Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Primeiro voo do Aero L-159T2

A Aero Vodochody realizou o primeiro voo do treinador a jato L-159T2 de dois lugares em 1º de agosto. O voo de 30 minutos foi conduzido pelos pilotos de testes da empresa Vladimír Kvarda e David Jahoda.
Poder Aéreo

A Força Aérea Tcheca encomendou três exemplares em 2016, que devem ser entregues até o final deste ano. As aeronaves L-159 são operadas pelas forças aéreas tcheca e iraquiana, pela empresa americana Draken International e, no passado, foram alugadas pela Força Aérea Húngara para treinamento de pilotos.

Estas novas aeronaves de assento duplo T2 têm uma fuselagem central e dianteira recém-construída e apresentam várias melhorias significativas, principalmente em equipamentos de cockpit e sistema de combustível, e são totalmente compatíveis com o NVG. Cada cockpit é equipado com duas telas multifuncionais e um assento de ejeção VS-20 atualizado. A aeronave também pode oferecer uma capacidade de reabastecimento sob pressão. O radar GRIFO, já em uso na versão de um único assento, a…

Forças iraquianas matam 12 terroristas do Estado Islâmico

As forças de segurança iraquianos mataram 12 combatentes do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) ao sul da cidade de Tikrit, capital da província setentrional de Saladino, informou à Agência Efe uma fonte de segurança local.


EFE

Bagdá - Uma força integrada pela polícia e pelo Exército, junto às milícias pró-governo Multidão Popular, lançou ontem à noite um ataque contra os membros do EI que ainda permanecem na região da Al Ishaqui, 70 quilômetros ao sul de Tikrit, disse a fonte, que quis manter o anonimato.

Resultado de imagem para Tikrit
Militar iraquiano em Tikrit | REUTERS / ALAA AL-MARJANI

No marco da operação conjunta morreram 12 jihadistas, entre eles quatro terroristas suicidas que levam junto ao corpo cinturões explosivos, detalhou a fonte.

Além disso, acrescentou que não ocorreram baixas nas fileiras governamentais.

As forças iraquianas estão tentando eliminar os remanescente do grupo EI e suas células dormentes, depois que o Governo de Bagdá anunciou em 9 de dezembro a derrota militar do grupo, que ainda tem presença em algumas áreas e realiza atentados contra civis e uniformizados.

Os jihadistas chegaram a dominar amplas regiões do Iraque após invadir o país em junho de 2014, depois do qual proclamaram um "califado" nos territórios que controlavam neste Estado e na vizinha Síria.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas