Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Donetsk declara estar em prontidão de combate para se defender de suposta ofensiva de Kiev

Os destacamentos da autoproclamada República Popular de Donetsk (RPD) estão em prontidão de combate total e completamente equipados com todo o necessário para o caso de haver uma possível ofensiva das Forças Armadas da Ucrânia em Donbass, declarou aos jornalistas o vice-comandante da Milícia Popular da RPD, Eduard Basurin.
Sputnik

Anteriormente, Donetsk denunciou a preparação de um grande ataque por parte de Kiev no sul da região de Donetsk com uso de veículos blindados pesados, artilharia e lançadores múltiplos de foguetes.


Segundo dados da inteligência, a ofensiva foi programada para 14 de dezembro com o objetivo final de tomar sob controle a fronteira com a Rússia. O líder da RPD, Denis Pushilin, declarou por sua vez que as forças de Donetsk estavam prontas para repelir o ataque.

"Todas as unidades militares foram colocadas em prontidão de combate total. Desde o momento em que recebemos informação sobre a preparação de uma ofensiva em grande escala do lado ucraniano, os nossos des…

Governo da Suécia autoriza compra de mísseis Patriot

O governo sueco deu ordem ao Ministério da Defesa para comprar o sistema de defesa antiaérea norte-americano.


Sputnik

As entregas dos complexos estadunidenses estão previstas para 2020-2025.

Militares norte-americanos perto do sistema de defesa antimíssil Patriot
Tropa norte-americana junto ao Patriot © AP Photo/ Mindaugas Kulbis

"O governo decidiu hoje [2] indicar às Forças Armadas a compra do novo sistema de defesa antiaérea, tendo também decidido autorizar a Administração de Suprimentos Militares do Ministério da Defesa firmar um contrato com os EUA para a aquisição do sistema de defesa antiaérea estadunidense Patriot", diz o comunicado.

De acordo com um comunicado das autoridades, o contrato deve incluir o fornecimento de quatro sistemas e dois tipos de mísseis, manutenção técnica e treinamento do contingente militar.

Segundo informa a mídia sueca, o valor do contrato seria de ao menos US$ 1,1 bilhões (R$ 4,1 bilhões).

Em comentário à SVT, o presidente da comissão parlamentar de defesa, Allan Widman, disse que a comissão constitucional poderia conduzir uma investigação porque o ministro da Defesa, Peter Hultqvist, revelou ao rádio SR as informações quanto à compra antes da reunião governamental em que foi aprovada.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas