Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Lockheed Martin entrega o 52º e último C-5M Super Galaxy

A Lockheed Martin entregou o 52º jato de transporte estratégico C-5M Super Galaxy modernizado no âmbito do Programa de Melhoria da Confiabilidade e Remotorização da Força Aérea dos EUA (RERP – Reliability Enhancement and Re-engining Program) em 2 de agosto nas instalações da empresa em Marietta, Geórgia. A atualização do RERP aumentará a vida útil da frota C-5 até a década de 2040.


Poder Aéreo

MARIETTA, Geórgia – “Com a capacidade inerente ao C-5M, o Super Galaxy é mais eficiente e confiável, e mais capaz de realizar seu trabalho de transporte aéreo estratégico global”, disse Patricia Pagan, diretora de Air Mobility and Maritime Missions Strategic Airlift, “Estou muito orgulhosa da equipe contratada pelo governo que realizou o esforço de modernização da frota C-5. Nós trabalhamos muito para garantir que os C-5Ms sejam os melhores aviões estratégicos possíveis para as nossas forças armadas”.

C-5M Super Galaxy
C-5M Super Galaxy

Uma tripulação do Comando de Reserva da Força Aérea da 439ª Ala de Transporte Aéreo na Base de Reserva Aérea de Westover, Massachusetts, transportou o C-5M final para a Base Aérea de Stewart, Nova York, onde a aeronave passará por restauração de pintura interior. Uma vez que o trabalho esteja concluído, a aeronave será levada para Westover, onde será o oitavo C-5M designado para a base.

A Lockheed Martin iniciou o trabalho de desenvolvimento do RERP em 2001. O RERP incorpora mais de 70 itens que melhoram a confiabilidade, a eficiência, a capacidade de manutenção e a disponibilidade. O RERP incluiu alterações ou modificações na estrutura da célula; sistemas ambientais e pneumáticos; sistemas hidráulicos, sistema elétrico; sistema de combustível; trem de pouso; e controles de voo.

O coração do sistema é o motor turbofan GE F138 (conhecido como CF6-80C2L1F no mundo comercial) reduzido para 50.000 libras (22.700 kg) de empuxo no C-5M. Este motor fornece 22% a mais de empuxo do que os turbofans TF39 fora de produção nas aeronaves C-5A/B/C anteriores. Os motores também permitem que o C-5M atenda aos requisitos de redução de ruído do estágio 4 da FAA.

Essas mudanças, juntas, resultam em um aumento de 22% no empuxo, uma decolagem mais curta; uma melhoria de 58% na taxa de subida; permite que o C-5M faça cruzeiro – com peso bruto máximo – no ambiente de voo de Comunicação/Navegação/Vigilância Gerenciamento de Tráfego Aéreo (CNS/ATM); e maior eficiência de combustível e menor demanda de suporte de avião-tanque.

O primeiro voo de uma aeronave modificada para o padrão C-5M ocorreu em Marietta, Geórgia, em 19 de junho de 2006. O primeiro C-5M operacional foi entregue à Dover Air Force Base, Delaware, em 9 de fevereiro de 2009. Um total de 49 C-5Bs, dois aviões C-5C e um C-5A original foram modificados no âmbito do RERP.

O C-5M possui 89 recordes de aviação mundial certificados pela FAI, mais do que qualquer tipo de aeronave. Esses recordes incluem tempo de subida com carga útil, altitude com carga útil e maior carga útil transportada.

O C-5 Galaxy é operado exclusivamente pela Força Aérea dos EUA desde 1970 e é o maior avião de transporte estratégico da frota da USAF. O C-5 é capaz de transportar dois tanques de batalha M1A1 de 78 toneladas, helicópteros ou outros grandes equipamentos a distâncias intercontinentais. Totalmente carregado, um C-5 tem um peso bruto de mais de 800.000 libras (363,2 toneladas). Todos os C-5 foram construídos nas instalações da fábrica Marietta da Lockheed Martin.

Além da Westover, os C-5Ms são designados para as unidades de Comando da Reserva da Força Aérea na Base da Força Aérea de Dover, Delaware (436th e 512th Airlift Wings) e Travis Air Force Base, na Califórnia (60th e 349th Air Mobility Wings). O esquadrão de treinamento de tripulação dos C-5 faz parte da 433rd Airlift Wing, a Ala Reserva na Joint Base San Antonio-Lackland, Texas.

Sediada em Bethesda, Maryland, a Lockheed Martin é uma empresa global de segurança e aeroespacial que emprega aproximadamente 100.000 pessoas em todo o mundo e dedica-se principalmente à pesquisa, projeto, desenvolvimento, fabricação, integração e manutenção de sistemas, produtos e serviços de tecnologia avançada. Este ano, a empresa recebeu três Edison Awards por soluções inovadoras em autonomia, tecnologia de satélite e energia direcionada.

FONTE: Lockheed Martin

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas