Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Caça F-22 dos EUA faz pouso de emergência no Alasca

Nesta quarta-feira (11), um caça de quinta geração F-22 Raptor da Força Aérea dos EUA fez um pouso de emergência em uma base militar no Alasca, de acordo com a agência AP.
Sputnik

De acordo com a agência, a aeronave aterrissou na base de Elmendorf-Richardson, na cidade de Anchorage, devido a uma falha no funcionamento do chassi de aterrissagem.

As imagens do acidente divulgadas pelo Facebook demonstram que uma das rodas não saiu e a aeronave acabou pousando sobre sua asa esquerda.

O piloto saiu ileso. Entretanto, a porta-voz da Força Aérea dos EUA, Erin Eaton, informou sobre o início de uma investigação da ocorrência.

Outros acidentes

O avião F-22 é um caça bimotor monolugar produzido pela corporação norte-americana Lockheed Martin. A Força Aérea dos EUA conta com 186 aeronaves do modelo.

Em abril, foi registrada uma falha de motor em um F-22 durante a decolagem da base aérea de Fallon, como resultado a aeronave acabou caindo sobre a pista.

Outro acidente, que também ocorreu em abril, teve lu…

Maior avião cargueiro americano aterrissa sem trem de pouso (VÍDEO)

O infeliz incidente não impediu que a tripulação realizasse um verdadeiro milagre mantendo a parte frontal do avião longe da pista por muito tempo depois de pousar.


Sputnik

Na base militar da Força Aérea dos EUA, San Antonio, a maior aeronave de carga estadunidense C-5 Galaxy fez uma aterrissagem de emergência. Devido a problemas com trem de pouso do nariz (frontal), o avião teve que aterrissar somente com as rodas dianteiras.


US Air Force C-5 Galaxy takes off from the air base of Moron de la Frontera in Sevilla 06 March 2003.
C-5 Galaxy da USAF © AFP 2018 / Cristina Quicler

Segundo comunica a edição The Drive, não é a primeira vez que problemas com trem de pouso são enfrentados pelas tripulações do C-5. Por exemplo, em 2017 dois incidentes semelhantes ocorreram no aeródromo de Rota — base militar norte-americana na Espanha.

Depois da falha técnica, todas as aeronaves C-5 Galaxy foram reparadas. Mesmo assim, seus chassis continuam agindo de forma inesperada.

O C-5 Galaxy da empresa Lockheed ocupa o terceiro lugar na lista dos aviões cargueiros de maior capacidade, perdendo apenas para os russos An-225 Mrya e o Na-124 Ruslan. Ele é capaz de transportar cerca de 120 toneladas durante 4,4 mil quilômetros.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas