Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA criticam bombardeiros russos na Venezuela: "Nós mandamos navio-hospital"

O coronel Robert Manning, porta-voz do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, criticou com veemência nesta segunda-feira o envio de bombardeiros russos à Venezuela e citou o envio de navio-hospital à região como exemplo do compromisso de Washington com a região.
EFE

Washington - "O enfoque dos EUA sobre a região difere do enfoque da Rússia. No meio da tragédia, a Rússia envia bombardeiros à Venezuela e nós mandamos um navio-hospital", declarou Manning durante uma entrevista coletiva realizada hoje no Pentágono.


O militar se referia com estas palavras ao USNS Comfort, que partiu em meados de outubro rumo à América Central e à América do Sul para oferecer ajuda sanitária aos milhares de refugiados venezuelanos amparados por diversos países da região.

"Enquanto nós oferecemos ajuda humanitária, a Rússia envia bombardeiros", lamentou Manning em referência ao envio uma esquadrilha de aviões russos, incluindo dois bombardeiros estratégicos T-160, capazes de carregar bomb…

Maior avião cargueiro americano aterrissa sem trem de pouso (VÍDEO)

O infeliz incidente não impediu que a tripulação realizasse um verdadeiro milagre mantendo a parte frontal do avião longe da pista por muito tempo depois de pousar.


Sputnik

Na base militar da Força Aérea dos EUA, San Antonio, a maior aeronave de carga estadunidense C-5 Galaxy fez uma aterrissagem de emergência. Devido a problemas com trem de pouso do nariz (frontal), o avião teve que aterrissar somente com as rodas dianteiras.


US Air Force C-5 Galaxy takes off from the air base of Moron de la Frontera in Sevilla 06 March 2003.
C-5 Galaxy da USAF © AFP 2018 / Cristina Quicler

Segundo comunica a edição The Drive, não é a primeira vez que problemas com trem de pouso são enfrentados pelas tripulações do C-5. Por exemplo, em 2017 dois incidentes semelhantes ocorreram no aeródromo de Rota — base militar norte-americana na Espanha.

Depois da falha técnica, todas as aeronaves C-5 Galaxy foram reparadas. Mesmo assim, seus chassis continuam agindo de forma inesperada.

O C-5 Galaxy da empresa Lockheed ocupa o terceiro lugar na lista dos aviões cargueiros de maior capacidade, perdendo apenas para os russos An-225 Mrya e o Na-124 Ruslan. Ele é capaz de transportar cerca de 120 toneladas durante 4,4 mil quilômetros.


Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas