Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin ameaça retaliar se EUA instalarem mísseis na Europa

Em seu discurso sobre o estado da nação, presidente russo faz ataques a Washington e promete apontar seu arsenal para os Estados Unidos e para o continente europeu se mísseis americanos atravessarem o Atlântico.
Deutsch Welle

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, alertou nesta quarta-feira (20/02) que seu país responderá a um possível envio de mísseis americanos à Europa, fazendo com que não apenas os países que receberem esses armamentos se tornem alvos, mas também os Estados Unidos.


Em seu discurso anual sobre o estado da nação em Moscou, Putin elevou o tom ao comentar uma nova e potencial corrida armamentista. Ele afirmou que a reação russa a um possível envio seria rigorosa e que as autoridades em Washington – algumas das quais estariam obcecadas com o "excepcionalismo" americano – deveriam calcular os riscos antes de tomar qualquer medida.

"É o direito deles de pensar da forma que quiserem. Mas eles sabem fazer cálculos? Tenho certeza que sabem. Deixemos que eles cal…

Mais de 150 terroristas do Daesh se renderam no Afeganistão

Mais de 150 terroristas takfiris do Daesh se renderam às forças de segurança afegãs na província de Jawzjan, no norte do país, depois que foram derrotados pelo Taleban.


Pars Today

Autoridades locais afegãs disseram que 152 terroristas das fortalezas do Daesh em Darzab e Qush Tepa se renderam na madrugada de quarta-feira.

Mais de 150 terroristas do Daesh se renderam no Afeganistão

"As milícias se renderam no passado, mas desta vez é mais importante porque o líder e vice-líder do Daesh se renderam com mais de 150 combatentes de uma só vez, Com isso, o capítulo do Daesh será fechado no norte”.disse Mohammad Hanif Rezaee, porta-voz do Exército.

O general Faqir Mohammad Jawzjani, chefe de polícia da província, disse que Habib-ul Rahman, um líder do Daesh, estava entre os que se renderam. O grupo de Taleban recebeu Salvo-conduto por autoridades afegãs, afirmando que "limpou" o norte dos terroristas do Daesh.

O porta-voz do Taleban, Zabihullah Mujahid, afirmou que mais de 150 membros do Daesh foram mortos e mais de 130 foram capturados pelo Taleban, com o restante se entregando às forças do governo, e não ao Taleban.

"O fenômeno maligno do Daesh foi completamente eliminado e as pessoas foram libertadas de suas torturas na província de Jawzjan, no Afeganistão". O Taleban lançou uma ofensiva há semanas em Jawzjan contra o Daesh.

Em outro incidente separado, a missão da ONU no Afeganistão disse que um funcionário da Organização Internacional de Migração (OIM) estava entre as pessoas que foram mortas em um ataque coordenado a um centro de refugiados e repatriamento na cidade de Jalalabad, na terça-feira.

A ONU disse em um comunicado que a funcionária que morreu era uma mulher de 22 anos cujo marido havia morrido em um bombardeio em Cabul há três anos. Ela disse que deixa para trás uma filha de seis anos que é "agora uma órfã".

Desde o final do ano passado, o Daesh, que já perdeu todos os seus redutos na Síria e no Iraque, aproveitou o caos no Afeganistão e estabeleceu uma posição nas regiões leste e norte do país asiático, lançando ataques brutais contra civis e forças de segurança.

Segundo documentos de inteligência afegãos, o Daesh está presente em nove províncias, de Nangarhar e Kunar no leste a Jawzjan, Faryab e Badakhshan no norte, e Ghor no centro-oeste.

Comentários

Postagens mais visitadas