Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA criticam bombardeiros russos na Venezuela: "Nós mandamos navio-hospital"

O coronel Robert Manning, porta-voz do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, criticou com veemência nesta segunda-feira o envio de bombardeiros russos à Venezuela e citou o envio de navio-hospital à região como exemplo do compromisso de Washington com a região.
EFE

Washington - "O enfoque dos EUA sobre a região difere do enfoque da Rússia. No meio da tragédia, a Rússia envia bombardeiros à Venezuela e nós mandamos um navio-hospital", declarou Manning durante uma entrevista coletiva realizada hoje no Pentágono.


O militar se referia com estas palavras ao USNS Comfort, que partiu em meados de outubro rumo à América Central e à América do Sul para oferecer ajuda sanitária aos milhares de refugiados venezuelanos amparados por diversos países da região.

"Enquanto nós oferecemos ajuda humanitária, a Rússia envia bombardeiros", lamentou Manning em referência ao envio uma esquadrilha de aviões russos, incluindo dois bombardeiros estratégicos T-160, capazes de carregar bomb…

Mais de um milhão de sírios regressam aos seus lugares de origem

Mais de 1.500 milhão de sírios regressaram aos seus lugares de origem desde setembro de 2015 até o momento, segundo informações do Centro russo de Acolhimento para Deslocados, divulgadas hoje em Damasco.


Prensa Latina
Damasco - As cifras incluem os procedentes do Líbano e em menor medida da Jordânia, nações em que haviam se refugiado cerca de 1.700 milhão de pessoas desde a eclosão da guerra imposta à Síria a partir de 2012.


Os meios de comunicação refletem também o retorno em massa de milhares de deslocados internamente neste país do Levante em regiões das províncias de Alepo, Hama, Homs, arredores de Damasco, Quneitra e Daraá.

Nos momentos mais críticos da crise síria teve mais de três milhões de pessoas no exterior e aproximadamente seis milhões de deslocados internamente, de acordo com dados computados oficialmente.

Os informes precisaram que tais fatos ocorrem na medida que o Exército sírio, respaldado por meios aéreos russos e outras forças aliadas, desalojam os grupos terroristas das áreas ocupadas desde a data mencionada.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas