Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Israel concentra mais forças na fronteira com Faixa de Gaza e está pronto a agir

As Forças de Defesa de Israel (IDF, na sigla em inglês) concentraram mais forças na fronteira com a Faixa de Gaza e estão prontas para usá-las se for necessário, comunica a assessoria da entidade militar.
Sputnik

A decisão foi tomada no decurso da reunião no Estado-Maior e é uma resposta aos combates de ontem (11), que causaram morte de um militar israelense e sete palestinos.


"As IDF aumentaram suas forças no Distrito Sul e estão dispostas, se for preciso, a agir com mais vigor", destaca o comunicado da entidade.

No decurso da operação militar que teve lugar no enclave palestino neste domingo (11) um tenente coronel de uma unidade especial israelense foi morto. Ao mesmo tempo, a parte palestina perdeu sete homens, inclusive um comandante militar. Após os confrontos, os palestinos lançaram 17 mísseis contra o sul de Israel, dois deles foram interceptados pelos sistemas de defesa antiaérea Iron Dome (Cúpula de Ferro).

Foi igualmente informado que, tendo em conta a situação, o prim…

Moradores de Parnamirim reclamam do ruído gerado pelos aviões da FAB

Em nota oficial, a Força Aérea do Brasil informa que está situada desde 1942 na localidade e dedica-se, atualmente, à especialização dos pilotos de combate da Força Aérea Brasileira


Agora RN
O trabalho de formação de pilotos de caça da Força Aérea Brasileira (FAB), nas dependências da Base Aérea de Natal, está causando inúmeros transtornos aos moradores dos bairros da Liberdade, Jardim Planalto e Boa Esperança, em Parnamirim, na região metropolitana de Natal.

Pilotos dirigindo-se até aeronaves para o início de treinamento | Arquivo/FAB

Os moradores reclamam dos voos “rasantes” praticados pelos aprendizes de pilotos da FAB. Segundo a população, os voos estão sendo realizados entre 18 horas e meia noite, de segunda à sexta-feira. O intenso fluxo de voos de aviões e helicópteros prejudica o sono e a realização de atividades cotidianas.

As crianças e os idosos são os mais prejudicados. Segundo os moradores, as aeronaves passam em altura baixa, próximo às residências. O advogado Maciel Gonzaga de Luna também reclama das manobras feitas pelos aviões. “Se uma dessas aeronaves de treinamento cair na área, matará muita gente”, argumenta.

Em nota oficial, a Força Aérea do Brasil informa que está situada desde 1942 na localidade e dedica-se, atualmente, à especialização dos pilotos de combate da Força Aérea Brasileira (FAB). “Todas as atividades aéreas são realizadas com procedimentos padronizados que visam a segurança e não oferecem riscos à população vizinha da Ala 10”, encerra.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas