Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Rússia testará novo avião de transporte militar até o final do ano

Il-112V deverá substituir modelos soviéticos An-24 e An-26, considerados obsoletos.
Nikolai Litôvkin | Russia Beyond

A nova aeronave de transporte militar Il-112V completou os testes de fábrica e está sendo preparada para o primeiro voo, que está previsto para o final de 2018.


Caso os testes sejam bem sucedidos, o Il-112V substituirá nas Forças Armadas russas os modelos An-24 e An-26, desenvolvidos no início dos anos 1960.

O Ilyushin Il-112 é um avião de transporte militar leve de asa alta que está sendo desenvolvido pela Ilyushin Aviation Complex para transporte de cargas militares, equipamentos e pessoal.

Sua capacidade de carga máxima "útil" a bordo será de até cinco toneladas.

Os projetistas pretendem desenvolver duas versões do avião: uma com hangares estendidos para o transporte de equipamentos militares, carga e soldados; e outra, civil, para o transporte de passageiros e carga leve.

O Il-112V é um monoplano com configuração aerodinâmica tradicional e dois poderosos motores…

Nova guerra? Conflitos por esse recurso podem agravar relações no Oriente Médio

Segundo um especialista sírio em recursos hídricos internacionais, as águas dos rios Tigre e Eufrates se transformarão em “arma política” em uma suposta futura disputa entre Síria, Turquia e Iraque.


Sputnik

A próxima guerra no Oriente Médio poderá acontecer pela água, informa o especialista sírio em recursos hídricos internacionais, Nabil al-Samman, em um artigo exclusivo para Asharq Al-Awsat.

Soldados turcos em um tanque durante operação militar na fronteira turco-síria
Militares turcos © AFP 2018 / BULENT KILIC

O analista ressalta que uma seca na área do Eufrates foi adicionada às causas que levaram aos protestos de 2011 contra o governo na Síria. A guerra civil transformou a infraestrutura de água do país em ruínas.

As diferenças políticas entre Síria, Turquia e Iraque destruíram as tentativas desses países de estabelecer e assinar um acordo sobre recursos hídricos por meio de negociações. Durante anos, os Estados tentaram chegar a um acordo, mas sem sucesso. As negociações da Turquia com a Síria cessaram devido à guerra civil no país árabe.

Por sua vez, a Turquia tem mais controle sobre a água desses rios do que a Síria e o Iraque, ressalta o autor.

Segundo o especialista, Ancara compara seu direito às águas do Tigre e do Eufrates com os direitos dos países petroleiros de controlar seu petróleo. A Turquia considera que esses rios transfronteiriços fluem de seu território e, portanto, tem o poder de controlar a quantidade de água que chega aos países vizinhos.

Além disso, o país turco tem a intenção de continuar a construção de plantas hidroelétricas que podem reduzir consideravelmente o volume de recursos hídricos que entram em outros países. Nota-se que este projeto afetará os níveis de água no lago sírio de Tabqa, o que resultará em danos ao setor de geração de eletricidade e agricultura.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas