Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

PHM Atlântico encontra NE Brasil na Espanha

Por ocasião de seu deslocamento para o Brasil, o Porta-Helicópteros Multipropósito (PHM) “Atlântico” realizou PASSEX com o Navio-Escola (NE) “Brasil”, nas proximidades de Las Palmas, na Espanha. 


Poder Naval
Na oportunidade, os Guardas-Marinhas (GM), formados no convoo do NE, realizaram honras de passagem com parte da tripulação do PHM. O evento ocorreu no dia 12 de agosto, por volta das 10h da manhã, após o suspender do NE “Brasil” de Las Palmas, iniciando a travessia para Gênova, próximo porto. O propósito principal foi a motivação dos GM e tripulação ao encontrar o novo Capitânia, O PHM “Atlântico”.

A-140 Atlântico | MB

O NE “Brasil” suspendeu do Rio de Janeiro-RJ, em 22 de julho, a fim de cumprir a XXXII Viagem de Instrução de Guardas-Marinhas (VIGM). A comissão tem o propósito de complementar, com ênfase na experiência prática, os conhecimentos teóricos adquiridos pelos militares na Escola Naval, durante o ciclo escolar, aprimorar a formação cultural dos futuros oficiais da Marinha do Brasil (MB) e representar o País e a Marinha nos diversos portos visitados, promovendo o estreitamento dos laços de amizade com as nações amigas. O roteiro da XXXII VIGM contempla 15 portos, em dez países: Natal-RN, Belém-PA e Fortaleza-CE, Las Palmas e Valência (Espanha), Toulon e Rouen (França), Pireu (Grécia), Gênova (Itália), Lisboa (Portugal), Londres (Inglaterra), Hamburgo (Alemanha), Baltimore e Miami (Estados Unidos da América) e Cartagena (Colômbia). O regresso ao Brasil está planejado para dezembro de 2018.

O PHM “Atlântico” foi incorporado à MB em 29 de junho, na cidade de Plymouth, no Reino Unido. Entre os dias 4 e 7 de agosto, o navio visitou a cidade de Lisboa, de onde suspendeu com destino ao seu porto sede, Rio de Janeiro. A partir de sua chegada ao País, prevista para 25 de agosto, o “Atlântico” será empregado na garantia da segurança marítima no Atlântico Sul e no estreitamento dos laços de cooperação com Marinhas amigas.

FONTE: Marinha do Brasil

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas