Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Militares juntam-se à polícia em protesto dos "coletes amarelos". Há 31 detidos

Os militares da operação antiterrorista "Sentinela" foram mobilizados para proteger as principais instituições francesas. Ao final da manhã, os coletes amarelos eram ainda em pequeno número na capital e quase invisíveis entre a população.
Diário de Notícias

As forças armadas francesas juntaram-se à polícia, este sábado, em Paris, para enfrentar o 19º fim de semana consecutivo de protestos dos coletes amarelos contra o governo do presidente Emmanuel Macron. Ao final da manhã, com os locais habituais de manifestação interditos e o reforço militar junto às principais instituições francesas, os "coletes amarelos" passavam quase despercebidos entre turistas e parisienses.

Segundo a Reuters, o governo francês decidiu mobilizar os militares da operação antiterrorista "Sentinela", depois de ter proibido os manifestantes de se reunirem nos Campos Elísios, onde no último fim de semana dezenas de lojas foram destruídas e algumas completamente pilhadas.

Além da presença …

Rússia: Capacetes Brancos entregam substâncias tóxicas para encenar ataque químico

Representantes do grupo Capacetes Brancos entregaram uma grande remessa de substâncias tóxicas em um depósito usado por militantes na província de Idlib. Quem afirma é o general Aleksei Tsygankov, chefe do Centro Russo para a Reconciliação Síria.


Sputnik

"De acordo com informações recebidas pelo Centro Russo para a Reconciliação Síria de fontes independentes localizadas na província de Idlib, um grande carregamento de substâncias tóxicas, acompanhado por oito representantes dos Capacetes Brancos, foi entregue na aldeia de Afs, no assentamento de Saraqib, em um armazém usado pelos militantes do grupo Ahrar al-Sham [proibido na Rússia] para armazenar armas e suprimentos de combustível", informou.

Capacetes Brancos na Síria, 5 de outubro de 2016 (foto de arquivo)
Capacetes brancos na Síria © AFP 2018 / Sameer Al-Doumy

"Eles foram recebidos por dois comandantes de alto escalão do grupo armado ilegal acima mencionado", acrescentou Tsygankov.

De acordo com ele, "uma parte deste carregamento em barris de plástico sem identificação foi depois transportada para outra base militante na parte sul da província de Idlib, a fim de encenar um ataque químico com bandeira falsa e posteriormente acusar as forças do governo de usar agentes tóxicos contra civis".

O porta-voz do Ministério da Defesa russo, general Igor Konashenkov, disse no domingo que o grupo Capacetes Brancos na Síria planeja filmar vídeos para os meios de comunicação do Oriente Médio e da Inglaterra depois de encenar um ataque de armas químicas com o objetivo de desestabilizar a situação no país árabe.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas