Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

China desenvolve 2 novos bombardeiros furtivos ao mesmo tempo, diz inteligência americana

A Força Aérea da China, que já tem dois caças furtivos, está trabalhando em dois novos projetos de aviões furtivos de médio e longo alcance, informou um relatório da inteligência militar dos EUA.
Sputnik

Os fabricantes de aviões chineses estão envolvidos em dois projetos de bombardeiros furtivos ao mesmo tempo, informou a edição Aviation Week, citando um relatório da Agência de Inteligência do Departamento de Defesa dos EUA.


A existência de um desses projetos, H-20 ou H-X, foi confirmada pela Força Aérea Chinesa em 2017. Entretanto, não foi divulgada nenhuma informação confiável sobre o segundo projeto.

De acordo com o Pentágono, o segundo projeto, designado JH-XX, envolve o desenvolvimento de um caça-bombardeiro de médio alcance. O avião será equipado com radar AESA, mísseis ar-ar e mísseis ar-terra. Os especialistas em inteligência militar estadunidense acreditam que essa aeronave entrará em serviço da Força Aérea chinesa não antes de 2025.

No desenvolvimento desses novos aviões de comba…

Rússia planeja abrir fábrica de fuzis Kalashnikov na Venezuela em 2019

A exportadora de armas russa Rosoboronexport começará a exportar seu avançado sistema de defesa antimísseis S-400 à Turquia


Forças Terrestres

A Rússia planeja abrir em 2019 uma unidade de produção de fuzis Kalashnikov na Venezuela, disse a empresa exportadora de armas russa Rosoboronexport nesta terça-feira (21), segundo a agência de notícias RIA.


Já segundo outra agência, a Interfax, a Rosoboronexport começará a exportar seu avançado sistema de defesa antimísseis S-400 à Turquia em 2019.

Os Estados Unidos têm expressado preocupação de que a implementação do sistema S-400 pela Turquia, integrante da Otan, possa colocar em risco a utilização de diversas armas fabricadas pelo país norte-americano utilizadas pelos turcos, como o caça F-35.

A Rosoboronexport informou, ainda, que utilizará moedas locais nos acordos de comércio exterior em vez do dólar, segundo a RIA.

FONTE: R7/Reuters

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas