Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

O Brasil tem poder de fogo para proteger a riqueza da Amazônia Azul? (VÍDEO)

Devido à enorme riqueza natural, a porção de mar sob jurisdição brasileira é também conhecida como Amazônia Azul. A área é um dos mais importantes patrimônios naturais brasileiros e é uma preocupação para o setor de Defesa. Para comentar o assunto, a Sputnik Brasil ouviu Ricardo Cabral, pesquisador da Escola de Guerra Naval da Marinha do Brasil.
Sputnik

O pesquisador falou sobre a importância comercial e estratégica, o potencial energético, científico e as obrigações internacionais do Brasil com as áreas da Amazônia Azule seu entorno. Ele também descreveu o atual estado da esquadra da Marinha brasileira, que carece de investimentos e pleiteia junto ao novo governo federal uma fatia maior do orçamento público, limitado pela Emenda Constitucional nº 95.


Foi a própria Marinha brasileira que cunhou o termo "Amazônia Azul", em referência ao tamanho da biodiversidade e dos bens naturais encontradas em sua área. No entanto, a área marítima é ainda maior do que porção brasileira da flo…

Saiba onde assistir à chegada do Porta-Helicópteros Atlântico ao Rio de Janeiro

Na Parada Naval a ser realizada amanhã, dia 25 de agosto, o Porta-Helicópteros Multipropósito (PHM) Atlântico vai se juntar à formatura de navios às 8h30, próximo da Pedra do Arpoador.


Poder Naval


Depois, os navios seguem em desfile, passando pelas praias de Copacabana e Flamengo e, em seguida, o PHM Atlântico adentra a Baía de Guanabara por volta de 9h50, quando então realizará uma salva de 21 tiros.


PHM A-140 Atlântico

Após, o navio fundeará nas proximidades da Escola Naval, com previsão de atracação às 12h no Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro (AMRJ).

Divulgamos abaixo o roteiro fornecido pelo leitor Vicente Roberto de Luca, sobre os melhores locais para assistir a chegada do PHM Atlântico:

Parada Naval a iniciar às 08 horas e a terminar às 11 horas.

A rota da PN começa no litoral da Barra da Tijuca, segundo informado, no posto “8” da praia. Pelos meus cálculos dos fatores de tempo e distância (termina às 11:00), creio (apenas uma suposição) que deva iniciar no posto “6”, em frente ao Condomínio Village Oceanique.

Obviamente, deverá deixar as Ilhas Cagarras por bombordo e, a seguir, “fechar” em direção ao posto “9” de Ipanema (suposição). Passa a contornar o Forte de Copacabana, “desfila” por Copa e deverá abrir para aproar o canal principal de entrada na baía de GB. A partir daí, tudo é festa.

De acordo com esse roteiro, entendo que excelentes locais para curtir o nosso Atlântico, são:

– a praia da Barra, no postos “6”, “5” e “4”;
– Praia de Ipanema, do Jardim de Alah em diante (talvez um pouco do Leblon – do costão do Vidigal ficaria mais distante);
– Forte de Copa – excelente:
– talvez não seja adequada a visada a partir dos Fortes de Niterói (na época que meu filho estagiou lá, só abria às 10 horas, às vezes até mais tarde; o horário pode ser incompatível);
– pista Claudio Coutinho (uma boa) na Praia Vermelha, embora com pouco conforto;
– pra quem puder gastar, Morro da Urca e não Pão de Açúcar (neste, por vezes, fecha o tempo);
– Aterro do Flamengo, já próximo do Aeroporto Santos Dumont;
– no próprio aeroporto ou no Bossa Nova Shopping, com todo o conforto – lá no terraço (tem estacionamento no aeroporto ou “0800” ali no Calabouço, mediante contribuição social espontânea ao “Flanela”, na estrada para a Escola Naval);
– e Praça XV.

Dispositivo da Parada Naval: ao que parece, serão dez navios.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas