Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

SIATT realiza lançamento do Míssil Anticarro MSS 1.2 AC

Sucesso alcançado neste lançamento contribui para a continuidade das avaliações técnicas e operacionais do produto pelo Exército e Marinha do Brasil


Forças Terrestres

Na manhã de 22 de agosto último, especialistas da SIATT, em conjunto com especialistas do Exército Brasileiro, realizaram lançamento do Míssil Superfície-Superfície Anticarro MSS 1.2 AC no CAEX – Centro de Avaliações do Exército, Campo de Provas da Marambaia, Guaratiba, Rio de Janeiro/RJ.

Míssil Anticarro MSS 1.2 AC
Míssil Anticarro MSS 1.2 AC

Foi o primeiro lançamento sob responsabilidade da empresa após a mesma ter assumido o programa em setembro de 2017. O sucesso do lançamento em questão contribui para a avaliação técnica e operacional do lote piloto do produto. Diversos lançamentos, em diferentes condições de emprego, estão previstos para os próximos meses.

Para o Diretor da SIATT, Rogerio Salvador, a atuação SIATT tem proporcionado confiança e segurança ao Exército Brasileiro e à Marinha do Brasil no emprego do MSS 1.2 AC: “Conseguimos preservar a capacidade da indústria nacional para o domínio tecnológico de armamentos desta classe. Esperamos fornecer novo lotes do MSS 1.2 AC às forças armadas nacionais, e forças amigas estrangeiras”.

Sobre o MSS 1.2 AC

O MSS 1.2 AC é um míssil superfície-superfície anticarro de médio alcance,
desenvolvido segundo requisitos do Exército Brasileiro. O sistema é constituído pela Munição (míssil em seu container lançador) e pela Unidade de Tiro. Emprega guiamento do tipo “beam-rider”, no qual o operador é responsável por realizar o apontamento óptico em direção ao alvo. Durante o voo do míssil, a Unidade de Tiro emite um feixe laser invisível codificado, harmonizado com a mira óptica, que provê a referência de guiamento para o míssil.

Além da portabilidade e precisão, este sistema dificulta a utilização de contramedidas: uma vez que o receptor laser está voltado para trás, não há ação que possa ser feita para interferir no guiamento do míssil. O Sistema MSS 1.2 AC engloba ainda um Simulador de Tiro, com alto grau de representatividade de ambientes reais, para adestramento de atiradores sem a necessidade de emprego de mísseis reais, e um Equipamento de Teste para medidas e alinhamento das Unidades de Tiro do sistema.

Sobre a SIATT

A SIATT é uma empresa que fornece sistemas integrados com alto valor tecnológico visando atender os mercados estratégicos do Brasil e internacionais. Com capacidade de integração de sistemas, a SIATT tem como visão ser referência na entrega de soluções para os mercados de Defesa e Aeroespacial.

DIVULGAÇÃO: Performa Comunicação

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas